Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/04/21 às 21h59 - Atualizado em 22/04/21 às 15h56

Mesa Gira. Cultura, A Guardiã das Memórias (29.4, às 17h)

COMPARTILHAR

Sinopse: O papel do poder público no desenvolvimento de políticas para proteção e conservação de arquivos

Mediação: Alexandre Freire (Assessoria de Comunicação)

Com Ana Lúcia de Abreu Gomes (UnB), Elisa Raquel Quelemes (Biblioteca Nacional de Brasília), Sara Seilert (Museu Nacional da República), Aline Ferrari e Mariah Boelsums (Secretaria de Patrimônio Cultural),

Participação poética: Beth Fernandes (Assessoria de Relações Institucionais)

 

Conheça a mesa:

 

Alexandre Freire – Jornalista da Assessoria de Comunicação da Secec, com mestrados em Comunicação Social e Filosofia. Pesquisador e ex-docente na disciplina Teoria da Comunicação.

 

Ana Lúcia de Abreu Gomes – Possui graduação em História pela Universidade Federal Fluminense – licenciatura e bacharelado (1988), mestrado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999) e Doutorado em História Cultural pela Universidade de Brasília (2008). Tem experiência na área de História com ênfase em História Social e História Cultural, atuando principalmente nos seguintes temas: imagens e história, Patrimônio Cultural, Patrimônio Imaterial, História Oral, Brasil Império e Brasil República, Durante 20 anos lecionou História nas séries do Ensino Fundamental e Médio, atuando, inclusive, na área do Ensino de Jovens e Adultos. Atualmente é Professora Associada do Curso de Museologia da Faculdade de Ciência da Informação da Universidade de Brasília, tendo sido credenciada em seu Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação para orientação de Mestrado e Doutorado. É líder do Grupo de Pesquisa Museologia, Patrimônio e Memória do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.

 

Aline Ferrari – Gerente de acervo – Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal, sendo responsável pelo acervo do Museu Vivo da Memória Candanga, Memorial dos Povos Indígenas, Catetinho. Foi responsável pela criação da cordelteca da Casa do Cantador e é a responsável pelo Projeto Imagem e Memória Candanga. Possui graduação em Biblioteconomia Bacharelado/Gestão da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007), o pós-graduação em Gestão Pública (UniProjeção-2009), em Gestão de Arquivos (UFSM-2012) e Pós-formação em Gestão de Acervos (FUDAJ-2016). Foi oficial da Força Aérea Brasileira na especialidade de Bibliotecária atuando com criação de bibliotecas especializadas, objetos educacionais, apoio ao ensino e editora auxiliar da Revista SEIVa.

 

Elisa Raquel Quelemes – Graduada em Biblioteconomia pela UFMA, Mestranda pela UnB em Ciência da Informação, atual Diretora da Biblioteca Nacional de Brasília e Coordenadora do Sistema de Bibliotecas Públicas do DF.

 

Sara Seilert – Bacharel e licenciada em Artes Visuais pela Universidade de Brasília, analista de atividades culturais da SECEC-DF, diretora do Museu Nacional da República.

 

Mariah Boelsums – Mestrado em Patrimônio Cultural pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (2019). Graduação em Conservação-Restauração de Bens Culturais Móveis pela Universidade Federal de Minas Gerais (2014), com ênfase em Conservação-Restauração de esculturas em madeira dourada e policromada. Foi professora e coordenadora do Curso Técnico em Conservação e Restauro da Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP). Atualmente é servidora da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (SECEC-DF) como analista de atividades culturais em conservação e restauro, onde ocupa cargo de gerente de Conservação e Restauro na Subsecretaria do Patrimônio Cultural (SUPAC).

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br

 

 

 

 

Leia também...