Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/12/12 às 19h18 - Atualizado em 13/11/18 às 14h38

Memorial João Goulart de Oscar Niemeyer vai sair do papel

COMPARTILHAR

Um dia depois do falecimento do maior arquiteto brasileiro, Oscar Niemeyer o secretário de Cultura Hamilton Pereira e representantes do Instituto João Goulart se reuniram em Brasília,  

para tratar do texto preparatório de um futuro convênio de cooperação para uso do lote criado situado na Praça Municipal – PMU, Eixo Monumental Leste, a oeste da Praça do Cruzeiro, onde futuramente será construída mais uma obra concebida pelo eterno arquiteto: O Memorial da Liberdade Presidente João Goulart.

Conforme o secretário foi um encontro com a família que estava em Brasília pela ocasião das homenagens pela data da morte de João Goulart em 07 de dezembro. Na mesma data foi concluída a redação do texto para preparar audiência da família com o governador Agnelo Queiroz. A partir daí é que a cessão será formalizada entre o GDF e o Instituto João Goulart. “É da maior importância para o GDF a construção de um espaço cultural para cultivar a memória das lutas pela democracia no Brasil”, destacou Pereira. 

 Para João Vicente Goulart, filho do Ex-Presidente, este encontro significa a oportunidade de num futuro próximo, com a construção do Memorial da Liberdade Presidente João Goulart poder contribuir para a história do País. “Preservando a memória do estadista João Goulart, colhendo, de experiências fecundas, o ânimo necessário à redenção de nosso povo – tão merecedor quanto esperançoso – pelo qual Jango tanto lutou e morreu”, lembrou.