Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/04/16 às 15h30 - Atualizado em 13/11/18 às 14h50

Marianne Peretti ganha exposição monumental

COMPARTILHAR

Mostra em cartaz no Museu Nacional exibe mais de 30 trabalhos da artista

Com mais de seis décadas de atuação nas artes plásticas, a artista franco-brasileira Marianne Peretti, reconhecida internacionalmente por suas monumentais contribuições à cidade de Brasília, se prepara para receber, enfim, uma grande exposição dedicada à sua vida e obra, patrocinada pela Caixa Seguradora. A mostra, intitulada A Arte Monumental de Marianne Peretti exibe, no Museu Nacional da República, mais de 30 trabalhos, entre projetos em tamanho real, esculturas de grandes proporções e projeções de vitrais da artista, a única mulher a integrar a equipe de Oscar Niemeyer na construção da nova capital do Brasil. Com curadoria de Laurindo Pontes, Roberto Ghione e Tactiana Braga e idealização da B52 Cultural, em parceria com a Atenarte, a exposição será aberta no dia 5 de abril, permanecendo em cartaz até 5 de junho, com entrada franca.

A exposição traz um apanhado das principais obras de grande, médio e pequeno formatos assinadas pela artista. Entre elas, esculturas, painéis escultóricos, vitrais e objetos de design. Um dos destaques é o salão especial “Gênese”, que abriga todo o nascimento criativo do projeto da Catedral de Brasília. Nele, para que o público tenha uma dimensão exata da grandiosidade do trabalho desenvolvido por Marianne, ficarão à mostra o desenho original do vitral criado para o altar da catedral (todo ele em tamanho real e desenhado à mão), os esboços que originaram o desenho, a maquete de estudo de aplicação do vitral e um grande painel ilustrativo de todo o processo construtivo da catedral.

Também será possível conferir, durante a exposição, um majestoso painel de ferro branco laqueado intitulado “Árvore da Vida”, com 12m x 6m, criado recentemente pela artista – que está completando 88 anos e continua a produzir em seu ateliê de Olinda (PE). Um enorme painel escultórico em vitral, com 2,80m x 10m que faz parte do acervo do Senado Federal, também estará presente na mostra.

“O Brasil devia a Marianne uma exposição dessa magnitude. O valor artístico e histórico do trabalho dela é, nos dias de hoje, reconhecido internacionalmente. Essa exposição vem coroar um projeto de resgate da sua obra que é o Documento Marianne Peretti, com livro, debates e um documentário”, explica Tactiana Braga, da B52 Cultural, idealizadora do projeto.

As obras desenvolvidas por Marianne em Brasília são de grande valor para a arte do vitral no século 20, fato reconhecido pelo Centre André Chastel, de Paris. Além das obras citadas, em Brasília, Marianne ainda tem vitrais e painéis em construções icônicas como a Câmara dos Deputados, o Palácio do Jaburu, o Superior Tribunal de Justiça e o Memorial Juscelino Kubitschek. São dela, ainda, a grande escultura de bronze do Teatro Nacional de Brasília e o vitral e escultura na fachada lateral do Panteão da Pátria e da Liberdade. Suas obras estão em perfeita harmonia com a arquitetura de Oscar Niemeyer e integradas a projetos de outros arquitetos em vários estados do Brasil e países da Europa, como a Itália e França, onde está seu primeiro vitral, feito para a Câmara Sindical de Eletricidade, no Boulevard Voltaire, em Paris.

A exposição, viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura tem patrocínio da Caixa Seguradora, Cepe, Fundarpe e Governo do Estado de Pernambuco e conta com o apoio da Embaixada da França no Brasil, Instituto Francês, Aliança Francesa Brasília, Centre André Chastel, Fundação Le Corbusier, Instituto de Arquitetos do Brasil, Fundação Oscar Niemeyer, Docomomo Brasil e correalização do Museu Nacional da República, do Governo do Distrito Federal, do Ministério da Cultura, Governo Federal do Brasil.

Além das visitas gratuitas e abertas ao público, de terça a domingo, das 9h às 18h30, a exposição ainda terá um programa de visitação escolar, com supervisão de um monitor e agendamento prévio pelos telefones 61. 3325.5220 / 3325.6410. Durante as visitas escolares haverá atividades lúdicas e educativas sobre a obra da artista e sobre o modernismo arquitetônico do Distrito Federal.

Marianne Peretti – Nascida em Paris, em 1927, de mãe francesa e pai pernambucano, produziu uma obra considerável em arte integrada à arquitetura, escultura, vitrais, design de objetos e mobiliário, ilustrações de livros e desenhos. Aos 87 anos, a artista continua ativa em seu atelier de Olinda2 e tem obras no Brasil, Itália e França. Começou a trabalhar em ilustrações de livros e revistas ainda na França, onde estudou na École des Arts Decoratifs e na Academie de la Grande Chaumière (Montparnasse). Sua primeira individual foi na Galeria Mirador, em Paris. No Brasil, participou da 5ª Bienal de São Paulo, obtendo prêmio com a capa do livro As palavras, de Jean-Paul Sartre. Realizou exposições individuais e coletivas em Paris, São Paulo, Recife e Rio de Janeiro. Há 30 anos mora e trabalha em Olinda, onde mantém seu ateliê.

SERVIÇO

A ARTE MONUMENTAL DE MARIANNE PERETTI

Onde: Museu Nacional da República (Conjunto Cultural da República, Setor Cultural Sul, Lote 2, Esplanada dos Ministérios – Brasília/DF)

Quando: de 6 de abril a 5 de junho, de terça a sexta-feira, das 9h às 18h30

Entrada: Gratuita / Grupos escolares deverão ser agendados

Informações: (61) 3325.520 / 3325.6410 / museunacional@gmail.com