Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/08/17 às 14h35 - Atualizado em 13/11/18 às 15h07

Secretaria lança programa Cultura Educa

COMPARTILHAR

Iniciativa institui política de formação e educação para a arte e a cultura

A Secretaria de Cultura lançou, nesta quarta (16), o Cultura Educa. O programa, instituído por meio de portaria, promoverá uma política de formação, qualificação e profissionalização em arte e cultura no Distrito Federal. “Com esta iniciativa, entendemos a cultura e a educação como setores indissociáveis para a construção de ações de Estado desde a formação básica das nossas crianças até a estruturação de iniciativas sustentáveis para a economia criativa da cidade”, ressalta o secretário de Cultura, Guilherme Reis.

Para o secretário de Educação, Júlio Gregório, o processo de aprendizado não pode se limitar à sala de aula. “Precisamos entender que uma visita a um museu ou uma aula de circo não significa perda de tempo. Não há cultura sem educação e nem educação sem cultura”, frisou o titular da pasta, cuja parceria resulta em vagas voltadas para áreas da cultura no Pronatec e no Mediotec.

O Cultura Educa se organiza em eixos que englobam desde a sensibilização de novos públicos, passando pela educação patrimonial até formação artística, técnica, política e em gestão cultural. “O programa responde a uma demanda histórica do movimento cultural para promoção de ações integradas, reduzindo barreiras socioeconômicas e investindo em profissionalização”, detalha a subsecretária de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural, Mariana Soares.

Dentre as iniciativas voltadas para os novos públicos, a Secretaria de Cultura realizará atividades sócio educativas com mais de 9 mil crianças e adolescentes da rede pública de ensino, para visitação à espaços culturais e participação em ações como: Escola vai ao Cinema, o Festivalzinho (dentro do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro) e os Concertos Didáticos, ampliando o acesso aos bens culturais da cidade.

No eixo de educação patrimonial, o programa prevê recursos e processos educacionais para desenvolvimento de conhecimento crítico e a apropriação consciente do patrimônio cultural local, no ano em que se completam três décadas do reconhecimento de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

O programa também enfatiza a necessidade de profissionalizar o fazer artístico e de qualificar a atuação política dos gestores culturais públicos e privados. Por meio de ação direta da Secretaria de Cultura, o Cultura Educa realiza projetos e atividades como o Semina – Seminário Equidade de Gênero nas Profissões da Cultura (com worshops), Duas Asas (formação artística e mostras culturais), Território Criativo (cursos e consultorias em gestão e empreendedorismo), Conexão Cultura DF (intercâmbios e residências artísticas) e, junto a Secretaria de Educação, Pronatec e Mediotec (nos eixos de produção cultural e design).

FAC

Como parte da política de fomento e incentivo cultural da Secretaria de Cultura, o Fundo de Apoio à Cultura (FAC) tem trabalhado em suas linhas de apoio e financiamento com projetos transversais de cultura e educação, como uma forma de fomentar iniciativas da sociedade civil: por meio do edital de Áreas Culturais, nos eixos de educação patrimonial, formação e residência artística; por meio do edital de Ocupação de espaços públicos (ações nas escolas); e no edital de Audiovisual, com ações de capacitação e formação.