Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/07/14 às 19h50 - Atualizado em 13/11/18 às 14h49

Jogo entre Argentina e Bélgica anima torcida no Mané Garrincha

COMPARTILHAR

Concentração no estádio contou com samba e gritos de guerra


Neste sábado (05), torcedores brasileiros e estrangeiros se concentraram na frente do Estádio Nacional Mané Garrincha para conferir a partida entre Argentina e Bélgica. A festa foi grande. Além dos argentinos, que invadiram a cidade, os belgas também marcaram presença e tiveram a torcida reforçada por brasileiros.

Um grupo de vinte argentinos chegou à Brasília ontem. “Espero poder ver a final com os hermanos do Brasil. Quando terminar o jogo, vamos tirar a camisa da Argentina e colocar a do Brasil”, disse Leandro Korn. O amigo, Matias Aiztolin, garante que a rivalidade é só dentro do estádio: “É folclore do futebol. Depois do jogo, somos irmãos”.

Enrolado na bandeira do Uruguai, o engenheiro Rodrigo Turnez já passou por Fortaleza, Natal e São Paulo. O latino-americano veio à capital, com um grupo de argentinos. “Mas estou torcendo pela Bélgica”, conta.

O haitiano Guy-Edouard Marseille veio ao Brasil só para a Copa do Mundo da FIFA 2014™. “Sou fanático pelo futebol. Qualquer país que jogar muito bem e ganhar está bom para mim”. Ele, que já esteve no Rio de Janeiro e Fortaleza, pretende voltar. “As pessoas são muito agradáveis e sensíveis. O Brasil é como o meu segundo país”, ressalta.

Willian Guevara e Ruben Guevara vieram do Peru para acompanhar o mundial. Além da partida entre Argentina e Bélgica, eles já assistiram aos jogos entre Portugal e Gana (26/06), França e Nigéria (30/06) e vão conferir também a disputa pelo terceiro lugar (12/07). “A cidade está bonita e estamos gostando muito”, contam.

Os mexicanos Mario Najera e Angélica Rocha estão há seis dias na capital federal e já visitaram vários pontos turísticos e até andaram de caiaque pelo Lago Paranoá. Na partida de sábado, o casal colocou os sombreros, tradicionais chapéus mexicanos, e se juntou à torcida argentina.