Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/03/14 às 23h08 - Atualizado em 13/11/18 às 14h45

Gran Folia reúne blocos da cidade

COMPARTILHAR


Previsão é que 30 mil pessoas participem da folia no Complexo Cultural da República

O carnaval no Gran Folia, para todas as idades, começou neste sábado (1º) à tarde, com a presença de bandas tradicionais para animar os foliões que começam a se concentrar no Complexo Cultural da República. Mais tarde, é a vez dos blocos tradicionais da cidade comandarem a festa.

Segundo o subsecretário de Políticas e Promoções Culturais da Secretaria de Cultura e coordenador-geral do carnaval de Brasília, Dorival Brandão, a expectativa é bastante positiva, graças ao trabalho realizado pelo Governo do Distrito Federal na organização do evento.

“Preparamos uma boa estrutura para atender tanto o público quanto os músicos que participam da programação. Esperamos receber de 30 mil a 40 mil pessoas por dia no Gran Folia para participar da festa, com toda a tranquilidade”, afirmou.

No Gran Folia, as crianças tiveram espaço garantido com a Banda Baratinha, a primeira a se apresentar no palco. Em seguida, será a vez da Banda Bem Brasil e do irreverente Pacotão agitarem os foliões.

O técnico judiciário Ricardo de Augusto Lima, de 35 anos, resolveu curtir o carnaval no Gran Folia porque foi convidado por um amigo que também tem filhos pequenos. “Me disseram que aqui teria o bloco da Baratinha e me empolguei para trazer minha filha de seis anos. Esperava mais gente, mas acho que a chuva atrapalhou um pouco. Mas foi bom”, avaliou.

O mesmo motivo foi compartilhado pela farmacêutica Aline Mesquita, de 29 anos, que levou a filha Eduarda, de 2 anos. “Vi no site da Secretaria de Cultura que hoje teria um bloco só para crianças e me interessei “.

A programação inclui, até o fim da noite, a Orquestra Popular Menino de Ceilândia, a Banda Baratona, a Batucada dos Raparigueiros e, para fechar o primeiro dia do reinado de Momo, o frevo do Galinho de Brasília e outras bandas locais se apresentarão durante a madrugada.

A festa continua domingo (2), a partir das 18h, quando o Mamãe Taguá subirá ao palco para levantar a galera com marchinhas, maracatu e samba de roda. Depois, será a vez do Galinho de Brasília fazer o público ferver até a chegada do Àsé Dúdú, com seu toque afro-brasileiro.

Mais tarde, os trios do Bloco dos Raparigueiros e da Baratona, além de bandas locais, assumirão o comando da folia.