Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/11/13 às 10h17 - Atualizado em 13/11/18 às 14h39

GDF envia projeto de federalização do Museu da República para Câmara Legislativa

COMPARTILHAR


Espaço poderá receber obras hoje espalhadas por órgãos públicos em todo o Brasil

O governador Agnelo Queiroz encaminhou para a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) o Projeto de Lei que abre uma colaboração entre o GDF e o governo federal para transferir para a gestão do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) o Museu da República Honestino Guimarães. Com a cessão de uso do espaço para a União, o local poderá receber obras de grandes artistas, hoje espalhadas por órgãos públicos federais.

O PL 1693/2013 foi protocolado na CLDF na terça-feira (5) e já foi lido em plenário. Será submetido a debate nas comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e Educação, Saúde e Cultura, e depois votado no Plenário da Casa.

“A sociedade será beneficiada com essa parceria. O Museu da República oferecerá em caráter permanente acervos que contêm peças dos mais elevados talentos das artes visuais do país como Portinari, Di Cavalcanti, Anita Malfati, Tarsila, Volpi, Ianeli e outros”, explica o secretário de Cultura, Hamilton Pereira.

As obras a que o secretário se refere estão guardadas em acervos de órgãos públicos, ministérios, autarquias e outros. A proposta do governo federal é torná-las acessíveis ao grande público que já frequenta o Museu.

Nos últimos dois anos, 1,3 milhão de pessoas passaram pelo Museu da República Honestino Guimarães, em 52 exposições montadas no local.

São obras como a do colombiano Alejandro Obregón, que estão expostas naquele espaço até 5 de janeiro de 2014, fruto de uma parceria entre o GDF, o Itamaraty e a Embaixada da Colômbia.

“O objetivo desse esforço conjunto do governo federal e do GDF é democratizar o acesso a esse patrimônio incomparável que o Brasil possui. Nossa expectativa é concluir a transferência no próximo ano”, ressalta Pereira.

Com ela, o Museu da República passará a contar com dotação orçamentária, sob responsabilidade do governo federal.