Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/06/12 às 13h13 - Atualizado em 13/11/18 às 14h37

Festival de Ópera apresenta Cavalleria Rusticana

COMPARTILHAR

cavalleria rusticana

Depois do sucesso de La Bohème, vista por 4,3 mil pessoas em três dias de encenação, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro apresenta neste fim-de-semana mais uma superprodução do II Festival de Ópera de Brasília: Cavalleria Rusticana, de Pietro Mascagni.

Cavalleria Rusticana é uma ópera em um único ato, que estreou em 17 de maio de 1890, no Teatro Costanzi, em Roma. É dividida em duas partes, separadas por um intermezzo, mas se apresentam em cena contínua.

O espetáculo, que se passa durante as comemorações de páscoa, narra a história de amor, traição, vingança e machismo entre os casais Turiddu e Santuza e Alfio e Lola.

O drama começa quando Santuzza desconfia que o marido a trai com Lola, uma namorada que ele tinha antes de ir para o exército, mas que se casou com Alfio durante a guerra. Turiddo e Lola se reencontram depois de muito tempo trazendo à tona os antigos sentimentos e novas desconfianças.

Regida pelo maestro Abel Rocha, a ópera Cavalleria Rusticana traz como solistas: Janette Dornellas como Santuza; Juremir Vieira, como Turiddu; Leonardo Páscoa, como Alfio; Maria Schramm, como Lola; e Valdenora Pereira, como Mama Lucia.

A direção cênica é o professor da Escola de Música de Brasília, Francisco Frias

Programação:

Dias: 08 e 09 /06 (sexta e sábado) às 20h, Dia 10 (domingo) às 18h

Local: Sala Villa Lobos do Teatro Nacional

Entrada: franca mediante lotação da sala