Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/09/20 às 8h26 - Atualizado em 25/09/20 às 10h06

FAC On-line chega ao fim com potencial de gerar 3.100 empregos

COMPARTILHAR

Texto: Lúcio Flávio. Edição: Sérgio Maggio

25/09/2020

08:37:15

 

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF (Secec) divulgou, nesta sexta-feira (25.09), o resultado final do FAC Apresentações On-line, Edital nº 2/2020, na categoria apresentações virtuais. Ao todo, o Fundo de Apoio à Cultura (FAC) aportará mais de R$ 2 milhões, gerando 1100 empregos diretos e 2000 indiretos. Todos os 86 projetos selecionados serão realizados em ambiente de rede, contemplando as linhas: “qualificação básica e formação”, “montagem de espetáculos”, “festivais on-line” e “produção de websérie ou webcanal”.

 

“Esse edital é especial para a Secretaria porque nasce dentro de um projeto de ações emergenciais para os artistas que sofrem com o impacto da Covid-19 no setor cultural. Desde março, quando foi decretado o isolamento social, a Secec trabalha para movimentar a economia criativa e devolver empregos e rendas”, conta o secretário Bartolomeu Rodrigues.

 

Confira

Resultado final FAC Apresentações On-line

 

Leia mais

Secec divulga resultado final do FAC Mais Cultura: 5,5 milhões para 103 projetos

Cultura libera 3,2 milhões para projetos e fortalece a economia criativa do DF

FAC Visual Periférico: 102 projetos, mais participação, mais inclusão

Secec divulga preliminar de admissibilidade do FAC Apresentações On-Line

Secec distribui R$ 501 mil para 40 grupos no edital Brasília Junina

 

FAC Apresentações On-line é mais uma ação do programa Conecta Cultura, iniciativa da Secec que tem como intuito o fomento de editais para auxiliar os artistas do DF no período de pandemia da Covid-19.  “Esperamos que esse edital seja um incentivo para os produtores culturais tão afetados pela crise”, observou o subsecretário de Fomento e Incentivo Cultural, João Moro.

 

DIVERSIDADE VIRTUAL

Entre os projetos contemplados estão oficinas de arte dramática e música, trabalhos envolvendo artistas circenses, exibição internacional de curtas-metragens, rodas de mamulengos, cordel para crianças, entre outras atividades desenvolvidas a partir de temas e abordagens diversas.

 

Os agentes culturais contemplados devem, agora, iniciar os trâmites de entrega de documentação exigida, que comprove a idoneidade jurídica e fiscal dos proponentes. Em seguida, abertura de conta corrente específica para o projeto no Banco Regional de Brasília (BRB) e, posterior, assinatura do Termo de Ajuste.

 

Por conta dos protocolos de segurança durante a pandemia da covid-19, o protocolo da Secec está funcionando virtualmente. Desta forma, toda a documentação específica deverá ser enviada por e-mail, conforme orientação disponível no site da Secretaria (clique aqui).

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br