Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/10/12 às 12h43 - Atualizado em 13/11/18 às 14h38

FAC em debate na Câmara Legislativa

COMPARTILHAR

Artistas, parlamentares, representantes de movimentos culturais e da Secretaria de Cultura do DF participaram nessa quinta-feira (05) de audiência pública na Câmara Legislativa para debater os rumos da cultura no DF.

Os artistas cobraram uma lei local de incentivos fiscais a empresas que têm interesse em investir em produções culturais.

Os representantes do GDF destacaram a ampliação dos recursos do FAC, que conta com um orçamento de R$ 42 milhões para 2012.

O subsecretário de Fomento da Secretaria de Cultura, Leonardo Hernandes, destacou que a atual gestão encontrou o FAC “à beira da intervenção e mal visto pelos órgãos de controle” e que agora passa por um processo de reconstrução e ampliação. Segundo ele, “o FAC agora é uma subsecretaria e está muito mais transparente, com a possibilidade de que as pessoas que apresentaram projetos tenham acesso à todas as informações de seus processo e até dos concorrentes pela intenet. Essa transparência gerou um volume de informações muito grande, para o qual não estávamos preparados”, explicou.

A líder do governo na Câmara Legislativa, deputada Arlete Sampaio (PT), ressaltou o crescimento dos valores destinados ao FAC, que passaram de R$ 7 milhões, em 2007, para R$ 42 milhões este ano.

“O FAC é uma conquista que deve ser preservada”, disse a deputada, que destacou ainda que “a economia criativa é uma oportunidade de desenvolvimento para a cidade” e que a Lei de Incentivo à Cultura tem que “significar um maior aporte de recursos” no setor.

Leia também...