Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/09/15 às 20h52 - Atualizado em 13/11/18 às 14h49

Estrutural ganha centro cultural com biblioteca pública

COMPARTILHAR

A Estrutural ganha nesta quinta-feira (3) um Centro de Cultura com dois novos equipamentos públicos para beneficiar a população de 35,8 mil habitantes. O espaço de 1.510,62 metros quadrados contará, a partir de agora, com a Biblioteca Pública da Estrutural e o programa Estude Aqui, funcionando em horário estendido, de segunda a sexta-feira, das 9h às 22h.

Esta é a primeira biblioteca pública da cidade e vai compor uma rede de 28 espaços no Distrito Federal, administrados pela Secretaria de Cultura. No local, além de mais de oito mil livros – constando obras de literatura infantil, literatura clássica, material didático e técnico, publicações de referência, enciclopédias e dicionários –, haverá sempre à disposição um bibliotecário para auxiliar a população.

O projeto do Governo de Brasília é alcançar todas as regiões administrativas e tem como principal objetivo proporcionar o acesso aos bens culturais de qualidade, além de fornecer atendimento às necessidades informacionais, educacionais de lazer à comunidade local.

Juntamente com a biblioteca, há também mesas para estudo individual e coletivo, dez computadores com rede de internet gratuita e vigilância para garantir a segurança dos usuários – equipamentos do Estude Aqui, projeto piloto da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, em parceria com a Administração Regional do Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (SCIA/Estrutural).

Sempre com horário ampliado – uma demanda da juventude que trabalha e estuda de dia e muitas vezes só tem tempo para estudar a noite – o Estude Aqui da Estrutural é o primeiro de vários polos de estudo que serão criados pelo Governo de Brasília.

Centro de Cultura

O prédio onde funcionarão a Biblioteca Pública da Estrutural e o Estude Aqui já é conhecido pela comunidade como um espaço de convivência e atendimento ao público.

Na praça central, próximo à Administração da cidade e ao lado do Centro de Juventude, ele já funciona com seis salas de atendimento do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) e uma sala para atendimento jurídico gratuito.

Além dos novos equipamentos, o espaço conta ainda com um anfiteatro com capacidade para 80 pessoas, que está sendo reformado para receber atividades de teatro, música e também aulões para os estudantes da cidade.