Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/07/12 às 12h17 - Atualizado em 13/11/18 às 14h37

Encontro ibero-americano debate estratégias de políticas culturais

COMPARTILHAR

11111111111122222222


Com uma conferência do antropólogo argentino Néstor Garcia Canclini, terminou nesta quinta-feira (26/07) no Museu da República, o 2º Encontro Ibero-americano de Cultura de Rede.

Canclini é professor e pesquisador da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), Doutor em Filosofia e membro emérito do Sistema Nacional de Pesquisadores do México. É considerado ainda um dos maiores investigadores em comunicação, cultura e sociologia na América latina.

Ele é autor de estudos sobre as culturas, suas interações, choques e convergências. Atualmente, desenvolve pesquisa sobre antropologia da mídia e políticas culturais na cidade do México.

Durante três dias, participantes de aproximadamente vinte países debateram a Cultura de Rede,  realizaram oficinas, promoveram encontros temáticos e reuniões de trabalho com o objetivo de difundir ideias voltadas para o trabalho em rede, sistematização de projetos culturais, mídia livre, globalização cultural e mercado financeiro para cultura.

Os debates contaram com a participação de especialistas convidados e foram divididos em cinco temáticas: Dinâmica Glocal; Novos Modelos de Incidência; Economia Criativa e Sustentabilidade para Projetos Culturais em Rede; Gerenciamento de Rede; e Agenda Regional: para maior associatividade do setor cultural.

O Cultura de Rede é uma realização da Rede Nacional dos Pontos de Cultura, Cultura Senda, Cultura e Integración, Cena Contemporânea, Fora do Eixo e Rede Sulamericana de Dança, Ministério da Cultura por meio da Secretaria de Economia Criativa, co-realização da Secretaria de Cultura do Distrito Federal e apoio da Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, Ciência e Cultura.