Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/02/18 às 23h56 - Atualizado em 13/11/18 às 15h31

Do frevo à Tropicália: tem folia para todos os gostos

COMPARTILHAR

Os blocos carnavalescos seguiram espalhando alegria pelas ruas do Distrito Federal nesta segunda-feira (12). Cerca de 60,5 mil foliões curtiram os festejos, em várias regiões administrativas.

 

A diversidade garantiu a folia não só pra quem tem samba no pé ou guarda-chuva colorido. Além da batucada dos tantãs e do frevo pernambucano, a alegria correu solta pelos sons mais ecléticos.

 

Essa grande variedade de estilos musicais já é uma marca registrada do Carnaval de Brasília. E nesta segunda, em especial, teve música afro com Asé Dudu e samba com Dhi Ribeiro; frevo da Orquestra do Galinho; e marchinhas do Carnapati. A trilha sonora incluiu ainda tropicália (com Divinas Tetas), groove e blues (com bloco Ewè, Soul, Groove, Batucada), eletrônica (Aparelhinho), rock’n’roll (Reveirock) e até música celta (no bloco Espírito Celta, na Praça dos Prazeres).

 

Quem saiu de casa não se arrependeu. “Brasília tem Carnaval e não deixa nada a desejar para o de outras cidades, como Rio de Janeiro, São Paulo nem para o Nordeste”, elogiou a servidora pública Adriana Alcântara.

 

Com fantasias irreverentes, os apaixonados pelo tropicalismo e o som dos Novos Baianos tomaram conta do Setor Bancário Norte embalados pela percussão contagiante do Divinas Tetas. Segundo estimativa da Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social o bloco reuniu 20 mil pessoas. A universitária Larissa Pereira aprovou a experiência e já pensa em voltar no próximo ano. “Gostei muito da música, das pessoas, das fantasias. Ano que vem, é ‘tóis’ de novo!”, garante.

 

O Galinho de Brasília se despediu do Carnaval 2018 em grande estilo. Cerca de 30 mil foliões seguiram o cortejo do bloco pelas quadras iniciais da Asa Sul ao som de marchinhas e frevos tradicionais. “Maravilhoso! O Galinho consegue fazer um carnaval melhor a cada ano”, vibrou o servidor público Fernando Alcântara.

 

O trio elétrico itinerante do Circuito Pipoka Azul desembarcou desta vez na Praça Central do Varjão, com show da diva Dhi Ribeiro, uma das 40 atrações selecionadas pelo chamamento público da Secretaria de Cultura para abrilhantar a programação de Carnaval dos bloquinhos. Os moradores da região elogiaram a iniciativa de trazer a folia para perto de casa. “Muito legal a festa. Faz muito tempo que não tem nada por aqui. Estávamos mesmo precisando de divertimento”, comemorou o pedreiro Gilmar Souza.

 

Serviços

 

Mais de 20 blocos saíram às ruas nesta segunda-feira. Teve festa no Plano Piloto, Taguatinga, Estrutural, Planaltina, Recanto das Emas, Guará, Cruzeiro, Riacho Fundo e Águas Claras. O penúltimo dia de folia também terminou sem ocorrências graves, segundo informações da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil.

 

Nos primeiros dias do carnaval, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) recolheu quase 50 toneladas de lixo nos trajeto dos blocos. Mais de 500 garis trabalharam para deixar a cidade limpa e 19,5 mil sacos foram utilizados na coleta.

 

E agora prepare sua fantasia que já é terça de Carnaval. Confira a programação completa no site www.brasiliatemcarnaval.df.gov.br.