Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/07/16 às 20h28 - Atualizado em 13/11/18 às 14h50

Cultura potencializa ações para as RAs

COMPARTILHAR

Gestores culturais terão uma série de encontros com a secretaria

Em uma reunião com gerentes de cultura e demais representantes das 31 regiões administrativas do Distrito Federal, a Secretaria de Cultura estreita cada vez mais as políticas públicas da comunidade. Este foi o primeiro de uma série de encontros que visam ampliar o alcance das iniciativas da pasta para atender às demandas de cada cidade do DF. A próxima reunião deverá ocorrer já no dia 29 deste mês, na secretaria.

A primeira boa notícia para as RAs foi dada pelo subsecretário de fomento e Incentivo Cultural, Thiago Rocha, ao apresentar a minuta dos novos editais do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), que está em consulta pública até segunda (4), pela plataforma Participa.br. Com maior alcance e mais diversificado, o pacote de editais de 2016 será lançado até o fim do mês com linhas inéditas. “Entre elas, teremos a regionalização do apoio a projetos artísticos e culturais, que garante a realização de iniciativas apresentadas e realizadas por artistas locais em oito macrorregiões do DF”, diz.

Além disso, o FAC 2016 prevê apoio e valorização a espaços independentes e Pontos de Cultura de todo o DF, que viabilizará a manutenção e a programação dos contemplados por até dois anos. Para o secretário de Cultura, Guilherme Reis, ainda que hajam limitações orçamentárias devido à crise nacional instalada, a cultura tem como dever fazer as disputas por políticas estruturantes, que passam pela democratização do acesso à arte e avanços na qualidade de vida da população do DF. “Em 2015 tivemos o maior volume de pagamentos efetivos dos projetos já realizado nos últimos anos pelo fundo e a nossa expectativa é de que 2016 bata esse recorde”, registra.

Uma das ações que acompanham este processo de pulverização dos recursos públicos para mais regiões do DF, será a realização de mutirões de oficinas para obtenção do Cadastro de Ente e Agente Cultural (CEAC), documento indispensável para os artistas que quiserem apresentar projetos para serem fomentados pela Secretaria de Cultura.

Mapa nas Nuvens – Na reunião desta manhã, os gerentes culturais das regiões administrativas puderam navegar pelo recém-lançado Mapa nas Nuvens – Cartografia Cultural do DF (www.mapa.cultura.df.gov.br), uma plataforma on-line que integra uma ação nacional para potencializar a gestão da cultura, por meio da coleta e sistematização de dados acerca de agentes, ações e espaços culturais.

Com esta ferramenta, qualquer um pode se cadastrar como agente cultural gratuitamente e alimentar a plataforma para poder compartilhar seu projeto ou espaço cultural. As atividades realizadas nos equipamentos da Secretaria de Cultura ou fomentadas pela pasta terão um selo oficial, para serem facilmente identificadas e a título de transparência.

Durante o mês de julho, a Secretaria de Cultura, em parceria com o Instituto TIM, promove uma série de oficinas de capacitação para produtores, gestores culturais, assessores de comunicação, administradores regionais, gerentes de cultura e interessados em aprender as possibilidades de uso da plataforma.