Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/05/18 às 17h45 - Atualizado em 28/05/18 às 15h41

Cultura lança edital para gestão do Espaço Renato Russo

COMPARTILHAR

Organizações da sociedade civil têm até o dia 21 de junho para se inscrever no chamamento público

 

A Secretaria de Cultura apresentou nesta terça-feira (22/5) os principais pontos do edital de chamamento público para parceria na gestão e programação do Espaço Cultural Renato Russo 508 Sul, que foi publicado na manhã desta quarta-feira (23) no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). O objetivo é selecionar uma organização da sociedade civil (OSC) para planejar e coordenar, junto com o governo, programação do espaço durante 12 meses. O evento foi realizado no Território Criativo e contou com a presença de vários representantes da comunidade cultural e artística do Distrito Federal.

 

O prazo de inscrição do chamamento público inicia nesta quarta-feira (23/5) e segue até 21 de junho. As propostas devem contemplar programação mensal para cada uma das salas, galerias e teatros que compõem o Espaço Cultural Renato Russo/508 Sul. A instituição vencedora do certame terá orçamento de R$ 800 mil para executar plano de trabalho de um ano adequado ao perfil e às diretrizes de uso do equipamento.

 

Acesse aqui a íntegra do Edital nº 6/2018 – Chamamento Público de Parceria na Gestão e Programação do Espaço Cultural Renato Russo 508 Sul, ficha de inscrição e roteiro para elaboração da proposta

 

 

De acordo com o secretário de Cultura, Guilherme Reis, o lançamento deste edital marca a contagem regressiva para reabertura do equipamento daqui a pouco mais de um mês. “Estamos na reta final para devolver à comunidade de Brasília, ainda no mês de junho, um espaço vital para a criação artística da cidade e que fechado está fazendo muita falta”, afirmou.

 

A parceria entre governo e organização da sociedade civil será executada entre julho de 2018 e junho de 2019. Caberá à OSC planejar, junto com a Secretaria de Cultura, atividades diversas para ocupar as salas do equipamento com ações voltadas à promoção e difusão cultural, formação continuada, pesquisa, experimentação, criação artística, intercâmbio e residências.

 

Ao detalhar os principais pontos do edital, a subsecretária de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural, Mariana Soares, ressaltou a importância de trazer a sociedade civil para participar da gestão de espaços culturais. “Vamos contar com a experiência e força de trabalho de especialistas em gestão cultural que vão agregar potência produtiva para que o Espaço Cultural Renato Russo/508 Sul possa atender ainda melhor os anseios da população e da comunidade artística”.

 

Esse modelo de parceria na gestão dos espaços culturais segue as diretrizes do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC) e os princípios da Lei Orgânica de Cultura do DF (LOC). “Trata-se de um formato inovador, que vem sendo reproduzido em várias localidades do país, por trazer mais agilidade e transparência, além de fortalecer a presença da comunidade nas políticas públicas culturais”, explica Guilherme Reis. Aqui no Distrito Federal, o Centro de Dança, o Espaço Território Criativo e o Memorial dos Povos Indígenas são exemplos de equipamentos culturais que estão funcionando em regime de parceria com a sociedade civil.

 

As fichas de inscrição e as propostas poderão ser enviadas por e-mail 508sul@cultura.df.gov.br até o dia 21 de junho, ou entregues em envelope lacrado no protocolo da Secretaria de Cultura (SCN Via N2, Anexo do Teatro Nacional), das 8h às 12h, das 14h às 18h, de segunda a sexta.

 

Para concorrer ao chamamento público de parceira na gestão do Espaço Cultural Renato Russo 508 sul, a organização da sociedade civil deve comprovar experiência mínima de dois anos em gestão, formação, produção ou assessoria cultural e ter equipe atuante e reconhecida no Distrito Federal há pelo menos doze meses. Informações detalhadas sobre a documentação necessária estão descritas no edital. Em caso de dúvidas, os interessados podem enviar e-mail para 508sul@cultura.df.gov.br ou ligar para (61) 3325-6162.

 

Oficinas de Orientação – A Secretaria de Cultura também vai promover oficinas de orientação sobre edital de chamamento público para parceria na gestão do espaçol. As atividades serão realizadas na sala Pompeu de Sousa, na sede da Secretaria de Cultura, dias 6 de junho, às 10h, e 14 de junho, às 16h30. Duas oportunidades importantes para que as organizações da sociedade civil interessadas em participar da seleção tirem todas as dúvidas sobre objetivo, requisitos, documentação e prazos exigidos no edital.

 

Canal de diálogo aberto – Nos meses de março e abril deste ano, a população do Distrito Federal foi convidada a opinar sobre a ocupação e a programação da 508 Sul, em consultas públicas on-line e audiência presencial. Foram recebidas 437 contribuições, sendo 378 na enquete de perguntas e 59 sobre os eixos e diretrizes.

“Manter o canal de diálogo aberto com a população é fundamental para que a programação do ponto de cultura seja pensada a partir das demandas da comunidade artística da cidade e da opinião de quem efetivamente vai usufruir do espaço”, ressaltou o secretário de Cultura, Guilherme Reis.

 

Todas as contribuições recebidas pela Secretaria de Cultura nas consultas públicas foram avaliadas e levadas em consideração na elaboração do documento de Diretrizes de Uso e Ocupação do Espaço Cultural Renato Russo, que vai embasar o plano de trabalho que a OSC selecionada neste chamamento público vai desenvolver.

 

Um ponto de cultura diversificado – Inaugurado em 1993, o complexo arquitetônico localizado na W3 508 Sul, abrange salas e espaços com perfis variados para receber apresentações artísticas e culturais de diferentes linguagens.

 

São dois teatros (Galpão e de Bolso); um cineteatro (Sala Marco Antônio Guimarães); duas galerias para exposições (Parangolé, Rubem Valentim); ateliê de pintura; Biblioteca de Artes Ethel Dornas, com gibiteca e musiteca; Sala Multiuso para oficinas espetáculos e ensaios; Galpão das Artes (artes visuais), além da Praça Central e o Mezanino, espaços abertos para atividades diversas, como exposições, shows e saraus.

 

Lugar de Cultura – Com investimento total de R$ 6,2 milhões, as obras para reabertura do Espaço Cultural Renato Russo 508 Sul, iniciadas em setembro de 2016, contemplam reparação de toda a estrutura predial; reforma completa de todas as galerias, salas de oficinas e teatros; revisão das instalações hidráulica e elétrica; instalação de elevador e intervenções para garantir acessibilidade, além de modernização dos equipamentos e mobiliário, sistemas de luz, som e projeção.

 

Todo o processo de modernização física e de gestão do espaço integra o Programa Lugar de Cultura, que desenvolve um conjunto de ações continuadas para valorização e preservação do patrimônio e de pontos artísticos e culturais do Distrito Federal.

 

Coordenado pela Secretaria de Cultura, o programa está organizado em três eixos: infraestrutura (manutenção, recuperação e preservação dos espaços), gestão (novos modelos para melhor funcionamento do equipamento público, com participação social) e programação (sensibilização de novos públicos, fomento e ações continuadas).

 

 

Principais pontos do Chamamento Público de Parceria na Gestão e Programação do Espaço Cultural Renato Russo/508 Sul

  • Inscrições: de 23 de maio a 21 de junho
  • Quem pode participar: organizações da sociedade civil com pelo menos dois anos de experiência na área cultural
  • Projeto deve conter programação mensal para cada um dos espaços
  • Orçamento: R$ 800 mil
  • Duração da parceria: 12 meses