Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/03/14 às 22h30 - Atualizado em 13/11/18 às 14h45

Copa do Mundo invade Brasília com o carnaval de rua

COMPARTILHAR


Galinho de Brasília coloriu as ruas da capital com as cores da bandeira

Foliões coloriram as ruas da Asa Sul com a passagem do tradicional bloco de rua Galinho de Brasília, neste sábado (1º), que escolheu o tema Copa do Mundo para o Carnaval deste ano. 

Para animar ainda mais a folia candanga, foram trazidos passistas do Recife que se apresentaram sob o som de duas bandas – antes era só uma orquestra. O bloco de arrastão contou com 200 componentes, além de carregadores de bonecos, característicos do carnaval pernambucano.

O funcionário público Sérgio Remaclo, 54 anos, se fantasiou de palhaço e se intitulou como Fiel Escudeiro da Alegria. “Essa é a primeira vez que venho aqui, pois sempre viajo. Escolhi este ano o Galinho porque acho importante o trabalho deles de preservar a identidade cultural com o frevo, que é a marca do carnaval. Me vesti assim porque estamos precisando muito resgatar a alegria”.

O presidente do Galinho, Franklin Torres, destacou a tranquilidade e a característica familiar do bloco criado em 1992 com a intenção de resgatar os valores das tradições culturais nordestinas. Sua única e principal regra é só tocar frevo.

O major Jean, responsável pela área, disse que 520 policiais farão a segurança no Galinho até o final da festa, por volta da meia-noite.

A economista Patrícia Arantes, de 36 anos, decidiu curtir o feriado no Galinho por causa de suas filhas Ana Rosa e Laura, de 5 e 3 anos. “Moro na Octogonal e este é o primeiro ano que venho aqui porque me falaram que é a folia mais familiar e segura de Brasília. Elas estão adorando”.

O bloco volta às ruas na próxima segunda-feira (3), a partir das 16h, quando Torres espera um público bem maior para acompanhar o Galinho e esbanjar alegria. O desfile começa no Setor de Autarquias Sul (ao lado da Caixa Econômica) e termina no Gran Folia.