Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/06/17 às 19h16 - Atualizado em 24/09/18 às 11h44

Conheça o programa Conexão Cultura DF

Secretaria de Cultura amplia incentivo à promoção, difusão e circulação nacional e internacional da produção cultural do DF

O programa Conexão Cultura DF objetiva a promoção, a difusão e a circulação, em âmbito nacional e internacional, da arte e da cultura do DF, bem como a formação dos agentes e serviços culturais e criativos, fortalecendo e posicionando estrategicamente a Cultura como vetor de desenvolvimento do nosso território.

Apresenta duas modalidades de acesso: A primeira é por meio de demanda espontânea dos proponentes, que podem apresentar convites e/ou comprovantes de inscrição, solicitando apoio para à participação na atividade desejada. A segunda é via Editais de Chamamento público específicos, publicados pela Secretaria de Cultura. Ambas as modalidades poderão ser utilizadas nas três linhas de apoio do Programa:

 

Linha de Apoio 1 – Participação em Eventos

O Primeiro Edital #Negócios, lançado em dezembro de 2016, selecionou 35 agentes culturais, dos segmentos do audiovisual e da música, para participação em festivais internacionais mundialmente reconhecidos, tais como o Festival de Berlim – Berlinale 2018, MIDEM/França, Womex/Polônia, MIPCOM/França, Circulart/Colômbia,Sunny Site of the Doc/França, Ventana Sur/Argentina, Atlantic Music Exchange/Cabo Verde, Jazzahead/Alemanha, dentre outros.

 

Linha de Apoio 2 – Circulação Nacional, Internacional e Mista;

A possibilidade de Circulação é um avanço, trazido pelo Programa Conexão Cultura DF, que permite ao agente cultural e aos grupos submeterem à SEC/DF um projeto que apresente, de antemão, uma proposta de circulação nacional, internacional e mista.

 

Linha de Apoio 3 – Concessão de Bolsas de Estudos Capacitação, Pesquisa e Residências

O Edital #Intercâmbios está previsto para ser lançado em setembro de 2017, com caráter de fluxo contínuo e de demanda induzida, poderá contemplar Artistas, Produtoras(es), Gestoras(es) Culturais, Empreendedoras(es) Criativas(os), Técnicas(os), Diretoras(os), Dramaturgas(os), Compositoras(es), Roteiristas, Pesquisadoras(es) e Estudiosas(os), dentre outras(os) para bolsas de intercâmbios culturais em cursos de curta duração (de 1 semana a 3 meses), em âmbito nacional e internacional, para os eixos Formação, Capacitação e Pesquisa; e Intercâmbios e Residências Artística, Técnica e em Gestão Cultural.

 

Participação social e Consulta Pública do Edital #Intercâmbios

Para ouvir as demandas da sociedade civil, a SEC/DF lançou consulta pública para o Edital #Intercâmbios, que ficará aberta até dia 27/07. Com a participação social, será possível mapear instituições, contatos e experiências de artistas e de agentes culturais sobre os intercâmbios nacionais e internacionais já realizados ou a serem indicados como possíveis destinos para o Edital #Intercâmbios.

“É muito importante para a formulação de novas políticas esta participação social. Isso tem pautado toda a nossa gestão desde 2015”, diz o secretário de Cultura, Guilherme Reis. No caso do Conexão Intercâmbio, a consulta tem um aspecto muito prático, conforme explica a subsecretária de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural, Mariana Soares: “Em poucos minutos você participa da gestão cultural e contribui para a difusão da nossa cultura. Isso significa que a partir desta semana, artistas, produtores e empreendedores culturais terão mais oportunidades de circular com seus projetos e de se qualificarem profissionalmente.”

Participe! Acesse a Consulta Pública: https://goo.gl/egJ6pe

 

Articulações Internacionais para o Edital #Intercâmbios

A Subsecretaria de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural está atuando fortemente na prospecção, articulação e negociação junto às representações diplomáticas e aos organismos internacionais para o apoio no Edital Conexão Cultura DF #Intercâmbios por meio de Cooperações Internacionais.

Até o momento, foram realizadas reuniões com a Casa da Cultura da América Latina – CAL, a Assessoria de Assuntos Internacionais da Reitoria da Universidade de Brasília, WLC Partners, Nuffic Neso Brazil, British Council, Embaixada do Reino dos Países Baixos e Embaixada do Haiti. Para a primeira carteira de bolsas internacionais ainda estão previstas, dentre outras, negociações com Argentina, Colômbia, França, México e Senegal.

A Cooperação Internacional auxiliará a SEC/DF na catalisação das oportunidades internacionais e nacionais, que serão disponibilizadas no Mapa nas Nuvens (www.mapa.cultura.df.gov.br).

#ConexãoCulturaDF #Intercâmbios #Negócios #FAC

 

Edital Permanente Conexão Cultura DF

Os agentes culturais interessados em apresentar projeto para o Edital Permanente Conexão Cultura DF devem realizar sua inscrição  através do site https://editais.cultura.df.gov.br, a solicitação deverá ser enviada com antecedência mínima de 45 (quarenta e cinco) dias a contar a partir do primeiro dia do mês em que ocorrerá o evento ou do primeiro dia do mês de partida do agente cultural do Distrito Federal. Antes de realizar a solicitação é muito importante que o agente cultural leia cuidadosamente a Portaria nº 158, de 20 de Setembro de 2016, alterada pela Portaria n.º 106, de 20 de Abril de 2018, que normatiza os procedimentos para apresentação de projetos no Conexão Cultura DF.

Confira aqui o Anexo II da Portaria – Tabela – Quesitos de Avaliação

 

Formulários de inscrição:

 

Limites orçamentários por projeto:

Cada projeto inscrito nas linhas de “Circulação Nacional, Internacional ou Mista”, “Participação em Eventos Estratégicos” e “Intercâmbios e Residências Artísticas”, poderá solicitar, no máximo, R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), respeitando os limites por beneficiário de até R$ 6.000,00 (seis mil reais) para viagens nacionais e até R$ 12.000,00 (doze mil reais) para viagens internacionais.

Cada projeto inscrito na linha de “Promoção de Plataformas” poderá solicitar, no máximo, R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), respeitando os limites por convidado de até R$ 6.000,00 (seis mil reais) para viagens nacionais e até R$ 12.000,00 (doze mil reais) para viagens internacionais.

Na modalidade de estímulo à formação e pesquisa artística e cultural, além dos valores mensais das bolsas, poderá conceder apoio às despesas com inscrição, deslocamento e instalação, devendo os valores solicitados para essas despesas respeitarem os limites de até R$ 6.000,00 (seis mil reais) para bolsas nacionais e até R$ 12.000,00 (doze mil reais) para bolsas internacionais, sendo que para cursos com período de realização igual ou inferior a 60 dias somente serão custeadas as despesas com inscrição, deslocamento e instalação, devendo ser respeitado o limite mencionado anteriormente.

 

Veja aqui tabela com os valores das bolsas mensais para a modalidade de estímulo à formação e pesquisa artística e cultural.

 

Os limites para cada modalidade e linha de apoio não eximem a necessidade de cotação e comprovação de preços de mercado em relação aos valores a serem gastos com passagens ou traslados.

 

Para efeitos de justificativa dos valores a serem pagos com diárias nacionais e internacionais, o proponente poderá utilizar os valores referentes à Classificação “G” constantes nas tabelas dos Anexos I e II do Decreto 37.437, de 24 de junho de 2016, caso em que será dispensada a apresentação de orçamentos para diárias (veja aqui).