gototop
CULTURA
FacebookTwitter

Alberto Santos Dumont – (1873-1932)

Marechal-do-Ar Alberto Santos Dumont teve o seu nome inserido no Livro dos Heróis da Pátria em 26 de julho de 2006, em comemoração ao ano do Centenário do Vôo do 14-bis, realizado em 23 de outubro de 1906, no campo de Bagatelle, em Paris, na presença de uma comissão oficial, de centenas de pessoas e de uma câmara cinematográfica que registrou este fato histórico.

Assim, exatamente às 16 horas e 45 minutos daquele dia, num momento que ficou conhecido como "um minuto memorável na história da navegação aérea", o homem conseguiu, pela primeira vez no mundo, voar em um aparelho mais pesado que o ar, que se elevou do solo sem qualquer ajuda externa.

Santos Dumont nasceu em Minas Gerais no dia 20 de julho de 1873, na fazenda Cabangu, paróquia de Palmira. A sua cidade natal hoje tem o seu nome, Santos Dumont.
Feito patrono da Aeronáutica e da Força Aérea Brasileira, Santos Dumont passou a figurar permanentemente no quadro de oficiais-aviadores da Aeronáutica militar brasileira, com o posto de tenente-brigadeiro, pela lei 165, de 05 de dezembro de 1947. A lei 3.636, de 22 de setembro de 1959, atribuiu-lhe o posto honorífico de marechal-do-ar.

Faleceu em 23 de julho de 1932, no Guarujá, estado de São Paulo.

 
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início