Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/06/19 às 16h20 - Atualizado em 11/06/19 às 16h35

Cine Brasília põe em cartaz mostra “Dias do Cinema Ucraniano no Brasil”

COMPARTILHAR

Filmes chegam pela parceria entre Secretaria de Cultura e Economia Criativa e embaixada da Ucrânia

 

“Dias do Cinema Ucraniano no Brasil” traz à tela do Cine Brasília, dos dias 12 a 16 deste mês, uma amostragem da cinematografia recente do país da Europa Oriental, numa parceria entre a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF e a Embaixada da Ucrânia.

 

Seguindo o formato já consagrado pelas mostras que são frutos dessa cooperação, cada filme tem exibição em horário único e entrada gratuita. Na mostra comercial, com cobrança de ingresso a preços populares, continua a reprise do clássico franco-italiano “Histórias Extraordinárias”. Confira fichas técnicas, sinopses e programação abaixo.

 

Cinema Ucraniano

“Nobres Vagabundos”

De Oleksandr Berezan (2018, ação/comedia,103 min, 12 anos)

 

Sinopse: Uma história engraçada sobre aventureiros da cidade de Lviv, cidade do oeste do país, perto da fronteira com a Polónia. Vivem sob a lema: “Por amor a Lviv, mulheres e piadas”. Para tornar a vida mais interessante, os nobres vagabundos buscam aventuras, mantendo-se, contudo, como pessoas do bem. De repente, eles se tornam guardiões de uma jovem e bela menina, e suas aventuras estão ganhando diferente impulso. Os eventos do filme acontecem na cidade de Lviv nos anos 1938-39.

 

“Portão”

De Volodymyr Tykhiy (2017, drama místico, 107 min, 16 anos)

 

Sinopse: O filme enfoca uma família que vive na zona de exclusão de Chernobyl. A matriarca da família, que é amiga de uma sereia, come

ocasionalmente cogumelos alucinógenos, e em algum momento durante a Segunda Guerra Mundial, ela matou doze soldados nazistas. Ela mora

com seu neto e uma filha doente, abandonada pelo marido. De repente, a vida habitual deles se acaba. A avó recebe uma advertência mística sobre uma catástrofe que acontecerá no futuro próximo e que deve ser evitada.

 

“Nível de preto”

De Valentyn Vassyanovich (2016, drama, 91 min, 16 anos)

 

Sinopse: O 50º aniversário é o começo de uma fase complexa na vida de um fotógrafo de casamentos. Tudo o que ele ama está desaparecendo. Embora não existam muitas coisas para guardar na vida dele: o pai, paralisado após de AVC, uma amiga estilista da revista de casamento, um gato velho, umas fotos em que ele aparece jovem e feliz. O personagem passa a vida fotografando a felicidade de outros. Para ele, isso é uma rotina. O filme foi o candidato da Ucrânia para a Cerimônia do 90º Aniversário do Oscar na categoria “O Melhor Filme Estrangeiro”.

 

“Um pergaminho desaparecido”

De Borys Ivchenko (1972, Comédia, 79 min, 12 anos)

 

Sinopse: Comédia heróica baseada na história de Mykola Gogol sobre a aventura dos cossacos Vasil e Andriy na sua viagem a São Petersburgo para entregar a carta de Hetman à Rainha, e depois disso – sobre o feliz retorno deles à sua aldeia nativa Dykanka.

 

“Nome de guerra ‘Banderas'”

De Zaza Buadze (2018, drama, 113 minutos, 16 anos)

 

Sinopse: No outono de 2014, na zona de Operação Antiterrorista na Ucrânia, um grupo de inteligência liderado por um experiente capitão Anton Sayenko (nome de guerra “Banderas”) tenta impedir a sabotagem e neutralizar o soprador russo Khodok. A tarefa é mais complicada ainda pelo fato de que os eventos ocorrem perto da aldeia nativa de Banderas.

 

“Fortaleza”

De Yurii Kovaliov (2018,Fantasia/Aventura, 111 min, 16 anos)

 

Sinopse: Durante o eclipse solar, o menino Vitko se transfere mil anos no passado, em Rus de Kyiv (confederação de tribos eslavas do Leste Europeu dos séculos IX ao XIII), no auge da batalha decisiva entre bem e mal. Ele tem uma pedra mágica que lhe dá força poderosa, ao lado há heróis lendários, sobre os quais ele leu em livros. Enfrentam a magia maléfica e um exército liderado por um gigantesco monstro de pedra. Da coragem do menino depende o futuro que virá.

 

Mostra comercial

 

“Histórias Extraordinárias”

De Federico Fellini, Roger Vadim, Louis Malle (1968, Terror/suspense, Franca/Itália, 121 minutos, 16 anos)

 

Sinopse: Esse é um daqueles filmes que valeria pela direção. Certamente também pelo elenco (no qual despontam Alain Delon, Brigitte Bardot, Jane Fonda). Senão pela fonte literária em que se inspira, clássicos contos de Edgar Allan Poe. Quando as luzes se apagarem, surgirão na tela uma princesa cruel assombrada por um cavalo fantasmagórico, um jovem sádico assombrado por seu duplo e um ator alcoólatra assombrado pelo diabo.

 

Programação de 12 a 16 de junho do Cine Brasília

 

12, quarta-feira

16h Histórias Extraordinárias – Comercial

20h Nobres Vagabundos – Cinema Ucraniano

 

13, quinta-feira

16h Histórias Extraordinárias – Comercial

18h Fortaleza – Cinema Ucraniano

20h Portão – Cinema Ucraniano

 

14, sexta-feira

16:00 Histórias Extraordinárias – Comercial

18:00 Nível de preto – Cinema Ucraniano

20:00 Nobres Vagabundos – Cinema Ucraniano

 

15, sábado

16h Histórias Extraordinárias – Comercial

18h Fortaleza – Cinema Ucraniano

20h Nome de guerra “Banderas”- Cinema Ucraniano

 

16, domingo

16h Histórias Extraordinárias – Comercial

18h Portão – Cinema Ucraniano

20h Um pergaminho desaparecido – Cinema Ucraniano

 

Serviço

Ingressos: R$ 12,00 (inteira) R$ 6,00 (meia entrada) nas mostras pagas – NÃO ACEITA CARTÕES

Programador responsável: José Damata

 

Endereço

Entrequadra Sul 106/107, telefone: (61) 3244-1660

 

“Dias do Cinema Ucraniano no Brasil” traz à tela do Cine Brasília, dos dias 12 a 16 deste mês, uma amostragem da cinematografia recente do país da Europa Oriental, numa parceria entre a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF e a Embaixada da Ucrânia.

 

Seguindo o formato já consagrado pelas mostras que são frutos dessa cooperação, cada filme tem exibição em horário único e entrada gratuita. Na mostra comercial, com cobrança de ingresso a preços populares, continua a reprise do clássico franco-italiano “Histórias Extraordinárias”. Confira fichas técnicas, sinopses e programação abaixo.

 

Cinema Ucraniano

“Nobres Vagabundos”

De Oleksandr Berezan (2018, ação/comedia,103 min, 12 anos)

 

Sinopse: Uma história engraçada sobre aventureiros da cidade de Lviv, cidade do oeste do país, perto da fronteira com a Polónia. Vivem sob a lema: “Por amor a Lviv, mulheres e piadas”. Para tornar a vida mais interessante, os nobres vagabundos buscam aventuras, mantendo-se, contudo, como pessoas do bem. De repente, eles se tornam guardiões de uma jovem e bela menina, e suas aventuras estão ganhando diferente impulso. Os eventos do filme acontecem na cidade de Lviv nos anos 1938-39.

 

“Portão”

De Volodymyr Tykhiy (2017, drama místico, 107 min, 16 anos)

 

Sinopse: O filme enfoca uma família que vive na zona de exclusão de Chernobyl. A matriarca da família, que é amiga de uma sereia, come

ocasionalmente cogumelos alucinógenos, e em algum momento durante a Segunda Guerra Mundial, ela matou doze soldados nazistas. Ela mora

com seu neto e uma filha doente, abandonada pelo marido. De repente, a vida habitual deles se acaba. A avó recebe uma advertência mística sobre uma catástrofe que acontecerá no futuro próximo e que deve ser evitada.

 

“Nível de preto”

De Valentyn Vassyanovich (2016, drama, 91 min, 16 anos)

 

Sinopse: O 50º aniversário é o começo de uma fase complexa na vida de um fotógrafo de casamentos. Tudo o que ele ama está desaparecendo. Embora não existam muitas coisas para guardar na vida dele: o pai, paralisado após de AVC, uma amiga estilista da revista de casamento, um gato velho, umas fotos em que ele aparece jovem e feliz. O personagem passa a vida fotografando a felicidade de outros. Para ele, isso é uma rotina. O filme foi o candidato da Ucrânia para a Cerimônia do 90º Aniversário do Oscar na categoria “O Melhor Filme Estrangeiro”.

 

“Um pergaminho desaparecido”

De Borys Ivchenko (1972, Comédia, 79 min, 12 anos)

 

Sinopse: Comédia heróica baseada na história de Mykola Gogol sobre a aventura dos cossacos Vasil e Andriy na sua viagem a São Petersburgo para entregar a carta de Hetman à Rainha, e depois disso – sobre o feliz retorno deles à sua aldeia nativa Dykanka.

 

“Nome de guerra ‘Banderas'”

De Zaza Buadze (2018, drama, 113 minutos, 16 anos)

 

Sinopse: No outono de 2014, na zona de Operação Antiterrorista na Ucrânia, um grupo de inteligência liderado por um experiente capitão Anton Sayenko (nome de guerra “Banderas”) tenta impedir a sabotagem e neutralizar o soprador russo Khodok. A tarefa é mais complicada ainda pelo fato de que os eventos ocorrem perto da aldeia nativa de Banderas.

 

“Fortaleza”

De Yurii Kovaliov (2018,Fantasia/Aventura, 111 min, 16 anos)

 

Sinopse: Durante o eclipse solar, o menino Vitko se transfere mil anos no passado, em Rus de Kyiv (confederação de tribos eslavas do Leste Europeu dos séculos IX ao XIII), no auge da batalha decisiva entre bem e mal. Ele tem uma pedra mágica que lhe dá força poderosa, ao lado há heróis lendários, sobre os quais ele leu em livros. Enfrentam a magia maléfica e um exército liderado por um gigantesco monstro de pedra. Da coragem do menino depende o futuro que virá.

 

Mostra comercial

 

“Histórias Extraordinárias”

De Federico Fellini, Roger Vadim, Louis Malle (1968, Terror/suspense, Franca/Itália, 121 minutos, 16 anos)

 

Sinopse: Esse é um daqueles filmes que valeria pela direção. Certamente também pelo elenco (no qual despontam Alain Delon, Brigitte Bardot, Jane Fonda). Senão pela fonte literária em que se inspira, clássicos contos de Edgar Allan Poe. Quando as luzes se apagarem, surgirão na tela uma princesa cruel assombrada por um cavalo fantasmagórico, um jovem sádico assombrado por seu duplo e um ator alcoólatra assombrado pelo diabo.

 

Programação de 12 a 16 de junho do Cine Brasília

 

12, quarta-feira

16h Histórias Extraordinárias – Comercial

20h Nobres Vagabundos – Cinema Ucraniano

 

13, quinta-feira

16h Histórias Extraordinárias – Comercial

18h Fortaleza – Cinema Ucraniano

20h Portão – Cinema Ucraniano

 

14, sexta-feira

16:00 Histórias Extraordinárias – Comercial

18:00 Nível de preto – Cinema Ucraniano

20:00 Nobres Vagabundos – Cinema Ucraniano

 

15, sábado

16h Histórias Extraordinárias – Comercial

18h Fortaleza – Cinema Ucraniano

20h Nome de guerra “Banderas”- Cinema Ucraniano

 

16, domingo

16h Histórias Extraordinárias – Comercial

18h Portão – Cinema Ucraniano

20h Um pergaminho desaparecido – Cinema Ucraniano

 

Serviço

Ingressos: R$ 12,00 (inteira) R$ 6,00 (meia entrada) nas mostras pagas – NÃO ACEITA CARTÕES

Programador responsável: José Damata

 

Endereço

Entrequadra Sul 106/107, telefone: (61) 3244-1660