Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/03/16 às 14h46 - Atualizado em 13/11/18 às 14h49

Cine Brasília apresenta mostra Americana.doc

COMPARTILHAR

Evento exibe documentário e curtas independentes dos EUA, de 16 a 23 de março

A Mostra de Documentários e Curtas Americana.doc oferece uma seleção de produções independentes dos Estados Unidos realizadas entre 2012 e 2014, através de dez títulos que abrangem diversidade, inclusão social, identidade, gênero, música, artes, família, religião, tecnologia e inovação, além de vários outros temas que fazem parte do dia a dia de qualquer sociedade. As produções integram parte do programa American Film Showcase (AFS), entidade governamental administrada pela Universidade do Sul da California (USC), – e leva para os mais diversos países documentários, filmes, curtas norte-americanos premiados – muitos deles inéditos – e, também, produtores independentes e especialistas na arte da indústria cinematográfica.

Iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil, em parceria com a Secretaria de Cultura do Distrito Federal, a mostra conta com o apoio do Sebrae, do Correio Braziliense, da Casa Thomas Jefferson, do Iesb e do Canal E.

A entrada é franca. Confira a programação completa do Cine Brasília aqui.

16/03

Quarta-Feira -19h

DON'T STOP BELIEVIN': EVERYMAN'S JOURNEY

(Diretor: Ramona Diaz, 2012, 113min, legendado)

Neste novo documentário Ramona Dias conta a incrível história de Arnel Pineda, um cantor Filipino que começou como sensação no YouTube e acabou se tornando líder do grupo pop Journey. Após a projeção: Conversa com a diretora norte-americana Ramona Diaz

17/03

Quinta-Feira – 19h

FAR FROM HOME

(Diretores: Phil Hessler, Galen Knowles, 2014, 74min, legendado) Fruto de uma vida familiar desestruturada em Uganda, Brolin emigra para ao EUA, encontra refúgio no improvável esporte do snowboarding. Junto com a paixão por educação, Brolin luta agora para ser o primeiro praticante de snowboarding a representar um país africano nas Olimpíadas do Rio de Janeiro.

18/03

Sexta-Feira – 20h30

LITTLE WHITE LIE

(Diretor: Lacey Schwartz, 2014, 66min, legendado) O que determina a nossa identidade? Little White Lie é um documentário sobre família, negação e redenção. Ele conta a história de Lacey

Schwartz, filha de uma típica família judia de classe média em Woodstock, e as surpreendentes descobertas que faz de segredos de família e de sua história. Após a projeção: Conversa com a diretora norte-americana Lacey Schwartz.

19/03

Sábado – 19h

KEHINDE WILEY:AN ECONOMY OF GRACE

(Diretor: Jeff Dupre, 2014, 38min, legendado)

Conhecido por suas reinterpretações vigorosas de retratos clássicos mostrando jovens homens afro-americanos, o artista visual de Nova York Kehinde Wiley fez uma revolução na arte do retrato. Nesse processo, tomou de assalto o mundo da arte. Wiley embarcou recentemente em um novo e empolgante projeto: uma série de retratos clássicos de mulheres afroamericanas.

BECOMING BULLETPROOF

(Diretor: Michael Barnett, 2014, 80min, legendado) A incrível história de um grupo de pessoas com deficiências que participa de uma ambiciosa produção cinematográfica indie. O filme documenta a produção de um Faroeste realizado com tudo que tem direito: figurinos, brigas de bar, mocinhos e bandidos. Fruto dos ideais de dois irmãos, e suas respectivas esposas,

o filme faz parte de um projeto de cinema inclusivo. Uma sublime lição sobre como o cinema pode ajudar a superar a exclusão e a marginalização.

20/03

Domingo – 19h

THE NUMBERLYS

(Diretor: William Joyce, Brandon Oldenburg, 2013, 13min, legendado) O curta é uma épica homenagem de Fritz Lang a Metrópolis, mas para crianças. Os amigos 1, 2, 3, 5 e 5 vivem um mundo onde não há alfabeto, apenas números. Um dia eles decidem que querem algo diferente do seu ordeiro mundo. Eles criam um alfabeto próprio e de repente tudo se transforma.

SLINGSHOT

(Diretor: Paul Lazarus, 2014, 88min, legendado) Um retrato do pitoresco e notável inventor do “diciclo Segway”, Dean Kamen. Gênio excêntrico com uma provocante visão de mundo, Kamen é uma inspiração para os futuros cientistas. O inventor mora em uma casa com passagens secretas e garagem para helicóptero. Sua última paixão: o sistema de purificação de

água SlingShot, testado numa área rural de Gana, criado para acabar com metade das doenças humanas da Terra.

21/03

Segunda-Feira – 19h

THE OVERNIGHTERS

(Diretor: Jesse Moss, 2014, 100min, legendado) Sinopse – Dezenas de milhares de esperançosos trabalhadores desempregados migrantes aportam na pequenina cidade de Williston, Dakota do Norte, com sonhos de uma vida honesta e compensadora. Sem trabalho nem casas para morar, eles vão encontrar no pastor luterano Jay Reinke um aliado que lhes devolverá

a fé e a dignidade.

22/03

Teça-Feira – 19h

THROUGH A LENS DARKLY

(Diretor: Thomas Allen Harris, 2014, 92min, legendado) Um documentário sobre como as comunidades afro-americanas têm usado a câmera como ferramenta de mudança social desde a invenção da fotografia aos dias de hoje. Narrativa épica entre o presente e o passado, por meio de fotógrafos e artistas contemporâneos cujas imagens e histórias tentam reconciliar legados de orgulho e humilhação.

23/03

Quarta-Feira – 19h

KEEP ON KEEPIN'ON

(Diretor: Al Hicks, 2014, 86min, legendado) Filmado durante cinco anos pelo cineasta iniciante Al Hicks, o documentário narra o percurso do pianista prodígio cego de 23 anos, Justin

Kauflin, e sua relação musical e humana com a lenda do jazz e professor, Clark Terry (à época, debilitado e com 93 anos), mestre de Quincy Jones, mentor de Miles Davis. Uma sensível história de amor e compromisso, realizada com muito afeto por Hicks, outro ex-aluno de Terry.