Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/07/12 às 11h53 - Atualizado em 13/11/18 às 14h37

Cena Contemporânea Internacionaliza Cultura de Brasília

COMPARTILHAR

Cena Contemporânea Internacionaliza Cultura de Brasília

 “Este evento é um espaço de diálogo com o Brasil e com as diversas culturas do mundo”. Estas foram as palavras do secretário de Cultura do Distrito Federal, Hamilton Pereira durante a cerimônia de abertura do Cena Contemporânea, nesta quarta-feira, no Teatro Nacional.

Camila Albuquerque, 23, estudante de jornalismo, mora em São Paulo e está em Brasília para visitar os familiares. Ela disse que está na expectativa para acompanhar as apresentações e curiosa para conferir o espetáculo – Foi Carmen -, do diretor Antunes Filho, que estreia o Cena Contemporânea. Para ela este evento faz com que Capital tenha um ar cosmopolita. “Isso faz a gente perceber Brasília de outra forma, mais internacional, respirando arte e cultura”, destacou.

Este ano, o Cena Contemporânea acontece de 17 a 29 de julho, e concentra suas atenções no continente africano e na América Latina, atendendo a uma convocação da Universidade de Brasília, que comemora seus 50 anos realizando uma nova edição do Flaac 2012 – Festival Latino-Americano e Africano de Arte e Cultura.

Cena Contemporânea 2

Serão apresentados espetáculos de teatro, dança e música do Benim, Argentina, Colômbia, África do Sul, Chile, México, Cuba e convidados especiais da Espanha e da Alemanha. Virão a Brasília artistas do reconhecimento de Kofi Kôkô, um dos maiores nomes da dança moderna na África, a argentina Lola Arias e seu celebrado talento em misturar ficção e realidade, a cubana Yusa, figura proeminente da nova geração musical da Ilha, o chileno Guillermo Calderón, apontado como o mais original de sua geração no país, e muito mais.