Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/01/13 às 13h12 - Atualizado em 13/11/18 às 14h38

Carnaval 2013: Brasília se prepara para a folia

COMPARTILHAR

65897

Neste ano, os desfiles das escolas de samba e dos blocos de enredo serão no Eixo Monumental, de 9 a 12 de fevereiro. Blocos de rua se apresentarão na Esplanada dos Ministérios e em vários espaços do Plano Piloto

Brasília terá um carnaval diferente em 2013. A Passarela da Alegria, palco dos desfiles das escolas de samba, será montada no Eixo Monumental, entre o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha e o Palácio do Buriti. A transferência do evento de volta para o centro da capital era uma reivindicação antiga das próprias agremiações. Nos últimos oito anos, a festa foi realizada no Ceilambódromo, em Ceilândia.

O carnaval em Brasília ocorrerá de 9 a 12 de fevereiro e contará com seis escolas de samba do Grupo Especial e 10 do Grupo de Acesso, além de quatro Blocos de Enredo. Para garantir uma folia animada na capital, o Governo do Distrito Federal determinou o pagamento antecipado da maior parte dos contratos. O valor destinado à preparação dos desfiles totaliza R$ 5,6 milhões – em 2012, o aporte foi de R$ 5,2 milhões.

A verba será paga em três parcelas: a primeira, equivalente a 37,8% do total, foi repassada em dezembro do ano passado. A segunda (52,2%) será liberada ainda em janeiro, e a terceira (10%), após os desfiles e a prestação de contas. De acordo com o secretário de Cultura, Hamilton Pereira, a decisão é resultado do diálogo entre o governo e os envolvidos na realização da festa, estabelecido por determinação do governador Agnelo Queiroz logo que assumiu a gestão.

Valorização – Em dezembro de 2011, o Executivo aprovou, na Câmara Legislativa, o Projeto de Lei nº 4.738/2011. Conhecida como Lei do Carnaval, a norma dá mais segurança jurídica à realização da festa em Brasília. Essa era uma luta de mais de 30 anos dos sambistas do DF e um compromisso de campanha do governador. Com as mudanças, que incluem o repasse antecipado de recursos, a folia ganha mais profissionalismo e impulsiona a economia local, atraindo turistas.

“Esse é o terceiro carnaval desta gestão, com vitórias importantes para celebrar. Em agosto do ano passado, convidamos os representantes de escolas e blocos para discutir os projetos com antecedência e planejamento”, conta o secretário. “Nossa intenção é fazer um carnaval organizado, para que a festa seja compreendida, além dos quatro dias de folia, como uma política pública de desenvolvimento social, econômico e cultural”, destaca Hamilton Pereira.

O presidente da União das Escolas de Samba e Blocos de Enredo de Brasília (Uniesbe), Geomá Leite, o “Pará”, aposta no crescimento do carnaval brasiliense com a liberação antecipada de verbas. “As escolas terão tempo hábil para se preparar. Tenho certeza de que daqui para frente os recursos virão mais cedo”, comemora Pará, otimista.

Folia no centro – A volta dos desfiles carnavalescos para o Eixo Monumental vai facilitar o acesso de grande parte das escolas de samba e também dos foliões. No momento, a Secretaria de Cultura estuda o mapa da festa para organizar os espaços com critério. O processo de licitação das estruturas físicas já está em andamento, e a data do pregão será marcada nas próximas semanas.

O público esperado é de 50 mil pessoas, assim como em Ceilândia. Para dar mais significado ao evento, o governo determinou a escolha de temáticas para o carnaval em Brasília. Em 2011, o lema foi “paz”. Já em 2012, “cidadania” deu nome à festa. O deste ano ainda não foi definido.

Outro projeto que o governo pretende executar até 2014 é a definição de um espaço permanente para a realização do carnaval. A construção de uma passarela de desfiles também é uma reivindicação antiga da comunidade. Segundo Hamilton Pereira, o assunto está na agenda e será discutido junto com o governador Agnelo Queiroz. “Todas as nossas ações passam pelo respeito à festa e seus agentes”, ressalta o secretário.

Para todos os gostos – O carnaval de Brasília não se resume, entretanto, aos desfiles de escolas de samba e blocos de enredo. A programação também inclui eventos no Gran Folia, na Esplanada dos Ministérios, e a passagem dos blocos de rua por vários locais do Plano Piloto.

Entre as atrações estão bandas e grupos musicais, DJs e blocos tradicionais como Galinho de Brasília, Pacotão, Mamãe Taguá, Baratinha, Baratona, Àsé Dúdú, Raparigueiros e Meninos de Ceilândia. “Sempre há o estímulo aos blocos tradicionais, com a preparação de uma festa de paz, tranquilidade e conforto em espaços como as entrequadras, as avenidas da W3, o eixão e o Parque da Cidade”, cita o secretário de Cultura.

O presidente da Liga dos Blocos Tradicionais de Brasília, Jean de Sousa, acredita que o público será maior em 2013. “Em 2012, reunimos mais de 200 mil pessoas durante toda a festa dos blocos de rua. Este ano, esperamos chegar a 300 mil”, revela.

Confira os valores dos contratos e as datas dos desfiles na Passarela da Alegria em 2013:

  

BLOCOS DE ENREDO

ESCOLA DE SAMBA

DATA DE DESFILE

DURAÇÃO

VALOR DO CONTRATO

Grêmio Recreativo e Cultural Projeto Colibri

10/2/2013

40 minutos

R$ 100.336,00

Associação Carnavalesca Esportiva Cultural e de Desenvolvimento Social Acadêmicos do Riacho Fundo II

9/2/2013

40 minutos

R$ 100.336,00

Agremiação Carnavalesca Escola de Samba Unidos de Planaltina

9/2/2013

40 minutos

R$ 100.336,00

Grêmio Recreativo Escola de Samba Gigante da Colina

9/2/2013

40 minutos

R$ 100.336,00

ESCOLAS DE SAMBA – GRUPO DE ACESSO

Associação Cultural e Recreativa Escola de Samba Candangos do Bandeirante

10/2/2013

50 minutos

R$ 212.794,00

Associação Cultural Desportiva Mocidade de Valparaíso de Goiás

10/2/2013

50 minutos

R$ 212.794,00

Associação Recreativa e Cultural Unidos do Varjão

 

10/2/2013

50 minutos

R$ 212.794,00

Grêmio Recreativo Escola de Samba Império do Cerrado

10/2/2013

50 minutos

R$ 212.794,00

Grêmio Recreativo Escola de Samba Capela Imperial

 

10/2/2013

50 minutos

R$ 212.794,00

Associação Recreativa Desportiva e Cultural Unidos do Recanto das Emas

11/2/2013

50 minutos

R$ 212.794,00

Grêmio Recreativo Carnavalesco União da Vila Planalto e Lago Sul

11/2/2013

50 minutos

R$ 212.794,00

Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos da Vila Paranoá

11/2/2013

50 minutos

R$ 212.794,00

Associação Cultural Desportiva e Recreativa Dragões de Samambaia

11/2/2013

50 minutos

R$ 212.794,00

Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Riacho Fundo

11/2/2013

50 minutos

R$ 212.794,00

ESCOLAS DE SAMBA – GRUPO ESPECIAL

Associação Recreativa Cultural Desportiva Escola de Samba Águia Imperial de Ceilândia

12/2/2013

60 minutos

R$ 511.786,00

Associação Recreativa e Cultural Acadêmicos da Asa Norte

12/2/2013

60 minutos

R$ 511.786,00

Associação Desportiva e Cultural Mocidade do Gama

12/2/2013

60 minutos

R$ 511.786,00

Grêmio Recreativo Escola de Samba Bola Preta de Sobradinho

12/2/2013

60 minutos

R$ 511.786,00

Associação Recreativa Cultural Unidos do Cruzeiro

12/2/2013

60 minutos

R$ 511.786,00

Associação Carnavalesca Recreativa e Cultural Acadêmicos de Santa Maria

12/2/2013

60 minutos

R$ 511.786,00


  

 Fonte Evelin Campos da Agência Brasília