Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/06/20 às 15h43 - Atualizado em 26/06/20 às 15h56

Caravana da Juventude Negra do DF oferece oficinas de empreendedorismo cultural e criativo

COMPARTILHAR

 

Fomentada pela Secec, iniciativa promove capacitação para nove áreas do segmento cultural

 

Com foco em capacitação de novos agentes culturais, por meio da difusão e promoção da diversidade cultural, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) celebra o projeto “Caravana da Juventude Negra do Distrito Federal”. Executado pela pasta por meio de termo de fomento, a ação oferece 1.250 vagas em oficinas gratuitas, que serão realizadas de maneira 100% on-line. A ação atenderá jovens negros que desejam ingressar nos segmentos de cultura e empreendedorismo criativo.

 

Com início no próximo sábado (27), a caravana conta com corpo docente formado por produtores culturais, chefes de cozinha, mestres de universidades federais, músicos, dançarinos, atores e fotógrafos unidos em prol da capacitação e geração de oportunidades para a juventude negra do DF.

 

Nesse sentido, o curso é uma oportunidade para jovens que sonham em produzir cultura na cidade, dividindo-se entre as modalidades de maquiagem, gastronomia, fotografia, vídeo, dança contemporânea, hip-hop, discotecagem (DJ), produção de conteúdo para redes sociais, noções de informática, modelos de passarela e gerenciamento de carreira.

 

Em razão das recomendações de saúde para o isolamento social diante da pandemia do novo coronavírus, todas as oficinas criativas ministradas pela caravana serão disponibilizadas pela internet, por meio de plataforma on-line, que tem como aspecto positivo a praticidade e versatilidade. Desta forma, o conteúdo poderá ser acessado onde o aluno estiver, até mesmo pelo celular ou tablet.

 

Além das vídeo aulas, os jovens empreendedores culturais terão acesso a sala de debate virtual, onde poderão discutir os conteúdos obtidos durante o ensinamento, juntamente com os professores e colegas, gerando um ambiente de interatividade e construção de relacionamento profissional e interpessoal. Ao fim do curso, os estudantes receberão o certificado, emitido pelo Instituto Blaise Pascal, Organização de Sociedade Civil idealizadora da caravana.

 

De acordo com o secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues, a iniciativa promove a continuidade do legado artístico e cultural do Distrito Federal, mediante a capacitação de novos agentes culturais com oficinas de qualidade. “Mesmo em tempos de pandemia, o aprimoramento não pode parar. A secretaria continua investindo de modo maciço em projetos que estimulem a geração de emprego e renda para a comunidade cultural do DF”, celebra.

 

Outra oportunidade oferecida aos jovens estudantes será a disponibilização de espaço para a transmissão de seus trabalhos na plataforma on-line do projeto. Divididos entre 40 transmissões ao vivo (lives), os inscritos que atuam no ramo da música independente poderão promover seus projetos com toda a estrutura técnica para a captura e exibição da apresentação musical.

 

Para os que desejam investir no empreendedorismo criativo, a caravana oferecerá suporte técnico para ajudar a impulsionar o negócio criado pelo aluno. Serão oferecidos serviços de produção de identidade visual para a divulgação da marca, produto ou serviço, além de mão de obra para iniciar o empreendimento.

 

De acordo com o coordenador da iniciativa, Wagner Castilho, as marcas e profissionais serão expostos em plataforma interativa no site do projeto, facilitando a busca da população. “Este espaço permite a visibilidade do empreendedor negro, ressaltando a importância e qualidade da sua força de trabalho”, completa.

 

Foto: SMDF.

 

Serviço:

 

3ª edição da Caravana da Juventude Negra do Distrito Federal

Inscrições pelo site: https://www.caravanadajuventude.com.br
Início das aulas: 27 de junho de 2020
Informações: (61)3202-6162 e (61)98191-9466 – WhatsApp