Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/06/14 às 1h00 - Atualizado em 13/11/18 às 14h49

Brasília acolhe estrangeiros na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014™

COMPARTILHAR


O primeiro fim de semana do Mundial difunde cultura local para visitantes

O primeiro fim de semana do FIFA Fan Fest, no Taguaparque, começou animado. Depois da apresentação do DJ Booya, os torcedores acompanharam a transmissão da partida entre Colômbia e Grécia, no início da tarde, direto de Fortaleza. Após o primeiro jogo do dia, o humorista brasiliense Carlos Anchieta subiu ao palco e arrancou gargalhadas dos visitantes. A festa é organizada pelo Governo do Distrito Federal, em parceria com a FIFA e a Rede Globo.

A vitória da Costa Rica contra o Uruguai abriu espaço para a banda Us Blacks, criada em Taguatinga, nos anos 80. O estilo funk soul alegrou crianças e adultos na arena com o som black music de diversas épocas. Acostumados a tocar em grandes eventos, como o aniversário de Brasília na Esplanada dos Ministérios, onde lançaram o último DVD com apoio da Secretaria de Cultura do DF, os músicos entraram no clima da Copa do Mundo. “Estar aqui nos traz uma sensação maravilhosa. É uma oportunidade de mostrar nosso estilo singular e contagiar pessoas de todas as idades nesse clima de festa”, revela Eddy Brown, vocalista da banda.

Edson Barbosa, 45, assistiu ao show com a família. “Eles são muito bons. As músicas são da minha época e tudo está muito animado”. Mas não foram só os brasilienses que se divertiram com o grupo. O inglês John Vanemmenis aproveitou para cantar junto com a banda enquanto esperava o jogo entre Inglaterra e Itália. “As pessoas são muito amigáveis e receptivas”, declarou empolgado.

Após o confronto entre Inglaterra e Itália, o DJ Joãozinho Chapéu de Couro aproveitou os vários ritmos brasileiros para animar o público. Entre sertanejo, forró, house music, funk e música baiana, o artista levantou os torcedores e surpreendeu todos os cantos do mundo. “Estou emocionado em poder tocar para pessoas de tantos lugares diferentes. O FIFA Fan Fest é um marco na minha carreira!”, afirmou o DJ.

Além dos brasileiros, suíços, ingleses, gregos, uruguaios, equatorianos e colombianos marcaram presença neste sábado. Diego Vasquez, 29, saiu do Equador e veio conferir o FIFA Fan Fest em Brasília. Junto aos adversários do jogo de amanhã, o torcedor garante que o país vencerá o time da Suíça. Diego afirmou que o espaço está excelente e que vai ficar no Brasil até o dia 6 de julho. “Espero que o Equador chegue, pelo menos, até a semifinal. Caso contrário, o vencedor tem que ser o Brasil!”, afirma o estrangeiro.

Siscult – Assim como os brasilienses da banda Us Blacks, outros artistas da cidade também recebem o apoio da Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal. Com o intuito de democratizar o acesso deles aos eventos públicos na cidade, a Secretaria desenvolveu o Sistema de Cadastro Geral para Contratação Artística (Siscult).

O primeiro passo, para fazer parte de eventos do Governo do Distrito Federal, é se cadastrar pelo site do Sistema (www.sistemas.cultura.df.gov.br) e apresentar os documentos que comprovam os critérios exigidos na Secretaria de Cultura. Depois, o artista pode se credenciar para a concorrência dos editais publicados pelo GDF e, a partir dos dados, será classificado pelo Colégio Setorial da área de atuação.

As categorias estão dividas em música, dança, teatro, culturas populares e tradicionais, arte urbana, livro e leitura, música clássica sinfônica (para contratação de músicos extras para a Orquestra sinfônica), audiovisual, circo e oficineiros.