Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/04/20 às 12h39 - Atualizado em 20/04/20 às 11h15

Brasília 60 anos: Festa on-line celebra o aniversário da capital

COMPARTILHAR

Durante todo o dia 21 de abril, a Secec preparou uma série de apresentações e atividades que exaltam o que a cultura do DF tem de melhor

 

Feitas de mãos, de histórias, ritmos, cores e sons de todos os cantos do Brasil. Essa é Brasília, a nossa capital, que completa 60 anos de sua inauguração em 21 de abril. Para celebrar essa data, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) realiza o Festival Cantando para Brasília, reúne o que a cidade tem de melhor.

 

Este ano, a festa será em formato diferenciado, longe da Esplanada dos Ministérios, em ambiente virtual, valorizando a multiplicidade cultural da capital. As celebrações começarão com a tradicional missa, celebrada pelo Arcebispo de Brasília, Dom Sérgio da Rocha, e contará com programação durante todo o dia, para todos os públicos. A programação inclui uma apresentação especial da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, além de um vídeo de artistas locais homenageando a cidade.

 

O evento, completamente gratuito, será comandado por artistas locais como a escritora e contadora de histórias Fátima Venzi, que traduz seu amor por Brasília de maneira lúdica. Para comemorar o aniversário de sua cidade natal, ela lança, às 11h30, sua história “A menina e o ipê amarelo”, que fala sobre uma menina apaixonada pelo Ipê, símbolo da capital, e sua interação com a natureza. 

 

Além dela, Maria Bonita, da Vila Planalto, que “exalta seu amor incondicional por Brasília”, contará a partir do meio-dia, a história dos pioneiros. Voltadas ao público infantil, as apresentações que fecham a primeira parte do evento promovido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa, são fruto de parceria com o programa Mala do Livro, que completa 30 anos em outubro de 2020.

 

O Festival Cantando para Brasília segue durante toda a tarde com atrações musicais, de ritmos como samba, axé, forró, pop rock, MPB e sertanejo. Ao todo, 15 artistas farão apresentações musicais virtuais para embalar os 60 anos da capital do país. São nomes como Milsinho, Dhi Ribeiro, Túlio Borges, Roni e Ricardo e Collo de Mainha que se se revezarão durante dez horas nessa grande celebração.

 

O secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues, explica que mesmo diante do desafio de comandar uma festa durante o isolamento social, contou com empenho da classe artística do Distrito Federal, que se mobilizou para dar à cidade uma comemoração digna da data sem custos aos cofres públicos. “Foram diversos artistas interessados em participar dessa homenagem à capital de todos os brasileiros”, resume.

 

“Buscamos trazer uma programação diversificada, que mostra a potência cultural da nossa capital, dando ao público a possibilidade de curtir de casa essa data tão emblemática”, afirma o secretário.

 

Outras ações

Os 60 anos de Brasília também serão celebrados em outros três grandes eventos que contam com apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), a sétima edição do Brasília International Film Festival (BIFF), evento brasileiro dedicado ao trabalho de cineastas estreantes no Brasil e no mundo, começa no dia 21 de abril em formato completamente digital.

 

Também a partir da próxima terça-feira (21) até o dia 4 de maio, as janelas do Plano Piloto, Ceilândia, Cruzeiro, Guará, Lago Norte, Sobradinho e Taguatinga se transformam na plateia para o Serenatas de Abril Brasília 60 anos, parte do projeto Brasília 60+60. Artistas e instrumentistas selecionados farão apresentações que propiciam uma celebração à vida, ao afeto, à amizade e à família.

 

E a partir desta sexta-feira (17), até o dia 27 de abril, é realizado o No Seu Quadrado, primeiro festival online multilinguagens do Brasil. A programação conta mais de 70 atividades formativas e cerca de 180 profissionais em apresentações artísticas, em um total de mais de 300 profissionais envolvidos em todo o processo de produção.

 

Programação
Toda a programação do Festival Cantando para Brasília será apresentada pelo Instagram.
Confira os horários e perfis de cada atração da festa dos 60 anos de Brasília:

 

Festival Cantando para Brasília – 60 Anos

10h00 – Missa  celebrada pelo Arcebispo Brasília, Dom Sérgio da Rochacecdf

Contação de histórias (para crianças)  – parceria Programa Mala do Livro
11h30 – “A menina e o Ipê Amarelo” – @fvenzi

12h – “A história dos pioneiros”- @mariabonitacerrado

 

Atrações Musicais*

 

13h às 13h40
Artista: Vinícius Oliveira
Endereço Digital: @viniciusdeoliveiraoficial

13h40 às 14h20
Artista: Túlio Borges
Endereço Digital: @tulio_borges

14h20 às 15h
Artista: Renata Jambeiro
Endereço Digital: @renatajambeirooficial

15h às 15h40
Artista: Luciano Ibiapina
Endereço Digital: @luciano_ibiapina_oficial

15h40 às 16h20
Artista: Milsinho
Endereço Digital: @milsinhooficial

16h20 às 17h
Artista: Roni & Ricardo
Endereço Digital: @roniericardo (instagram)

 17h às 17h40
Artista: Collo de Mainha
Endereço Digital: @collodemainha (instagram)

17h40 às 18h20
Artista: Bebeto Cerqueira
Endereço Digital: @bebetocerqueira

18h20 às 19h
Artista: Marcelo Sena
Endereço Digital: @cantormarcelosena

19h às 19h40
Artista: Banda Imagem
Endereço Digital: @bandaimagem (instagram)

19h40 às 20h20
Artista: Dhi Ribeiro
Endereço Digital: @dhiribeirooficial

 20h20 às 21h
Artista: Marcelo Café
Endereço Digital: @marcelocafeoficial

21h às 21h40
Artista: Nego Rainner
Endereço Digital: @negorainner

 21h40 às 22h20
Artista: Banda Crazy
Endereço Digital: @bandacrazy

22h20 às 23h
Artista: Barão & Mauá
Endereço Digital: @baraoemaua

* 13h às 23h – 10 horas de Música ao vivo.
* Samba, Pagode, Axé, Sertanejo, Forró, Pop Rock.

 

 

* Programação sujeita a alterações.