Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/08/19 às 11h31 - Atualizado em 1/08/19 às 13h48

Biblioteca Nacional de Brasília convida professores voluntários para Plantão Tira-Dúvidas

COMPARTILHAR

A Biblioteca Nacional de Brasília (BNB) convida professores voluntários para trabalhar num projeto de aulas de reforço. Batizado de ‘Plantão Tira-Dúvidas’, o serviço será oferecido para crianças e adolescentes que cursam os Ensinos Fundamental ou Médio para ajudá-los a solucionar problemas pontuais em português, matemática, física, química, biologia, história, geografia e línguas estrangeiras.

 

“A Biblioteca Nacional de Brasília é pública e está situada num ponto estratégico, ao lado da rodoviária, de fácil acesso”, justifica o subsecretário do Patrimônio Cultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), Cristian Brayner, entusiasta da ideia que brotou na Gerência de Gestão de Informação da BNB.

 

“Um dia apareceu aqui uma professora aposentada de química, dizendo que queria utilizar algumas horas de seu tempo ajudando estudantes. Aí resolvemos levar a ideia adiante”, relata a coordenadora do setor, Sabrina Amorim. Até o momento, professores de matemática e física, assuntos que costumam tirar o sono dos alunos no período de provas, também manifestaram interesse.

 

Além de professores capacitados nas disciplinas oferecidas, a BNB escalará um servidor para gerenciar o projeto. Para crianças menores de 15 anos será obrigatória a presença de um responsável nas dependências da Biblioteca.

 

Os professores voluntários assinarão um termo de Voluntariado de acordo com o Decreto nº 39.734, de 26 de março de 2019, que dispõe sobre a criação do Programa de Voluntariado do Distrito Federal. O documento prevê em seu artigo 5º inciso I a possibilidade de iniciativas dessa natureza.

 

Brayner quer fazer da experiência um piloto a ser estendido oportunamente a outras bibliotecas e espaços da Secec. “É objetivo dessa gestão a ocupação dos nossos espaços e nada melhor que oferecer serviços de capacitação com gratuidade. Isso tem a ver com cultura e economia criativa”, enfatiza.

 

Ele lembra que o DF conta com 40 bibliotecas, sendo 26 públicas e 14 setoriais. Mas o subsecretário do Patrimônio não se refere apenas às bibliotecas. “Todos os equipamentos culturais têm possibilidades maravilhosas nesse sentido. Costura no Museu Vivo da Memória Candanga, aulas de violão na Casa do Cantador”, exemplifica.

 

Professores e profissionais capacitados, interessados em colaborar, podem obter mais informações e fazer cadastro na sala 127, no 1° andar da BNB, ou pelo telefone 3325-1051. O serviço ainda não tem data certa para começar e deve ser precedido por outras ações, como aulas de língua estrangeira e prática de yoga.

 

Serviço
Plantão Tira Dúvidas
Cadastro de Professores Voluntários

Biblioteca Nacional de Brasília – 1º andar sala 127
Telefone: 3325-1051

Leia também...