Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/12/19 às 19h40 - Atualizado em 26/12/19 às 19h40

Bartolomeu Rodrigues recebe representantes da União das Escolas de Samba e Blocos de Enredo

COMPARTILHAR

O secretário estabeleceu um cronograma de reuniões para viabilizar o retorno dos desfiles em 2020

 

O secretário de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) Bartolomeu Rodrigues recebeu nesta quinta-feira (26), representantes da União das Escolas de Samba e Blocos de Enredo – UNIESB-DF. O encontro teve como pauta a discussão das estratégias para o retorno dos desfiles das escolas de samba ao carnaval do Distrito Federal.

 

Na ocasião, os representantes da entidade falaram sobre a elaboração de projetos para a retomada dos desfiles das agremiações. Em apresentação breve ao secretário, o presidente da Uniesb Geomá Leite, o Pará, destacou que o grupo tem feito todo o esforço para viabilizar parcerias e captação de recursos provenientes de emendas parlamentares. “Todo nosso empenho é para que realmente as escolas de samba do DF possam ter um retorno digno”, completa.

 

Após a apresentação das demandas do grupo, Bartolomeu declarou sua preocupação em viabilizar o retorno das escolas em 2020, não só por uma determinação do Governador Ibaneis Rocha, mas também pelo clamor da sociedade. O secretário destacou que o carnaval é de extrema importância para o calendário efetivo do próximo ano e assegurou, durante sua apresentação realizar todas as tratativas possíveis para viabilizar o carnaval do samba em 2020.

“O compromisso que firmo com vocês é que têm um grande aliado. Vamos partir para a luta e jogar com sinceridade para realizar o carnaval do melhor modo possível”, ressaltou Rodrigues.

 

O titular da Cultura e Economia Criativa sugeriu a criação de um cronograma de reuniões com a associação junto à Assessoria de Articulação de Política Cultural da Secec para alinhar as tratativas em relação ao trabalho das escolas de samba para o ano seguinte, no sentido de estudar todas as possibilidades cabíveis para a realização da volta dos desfiles de samba para o Distrito Federal. “Vamos trabalhar juntos em uma grande parceria”, finaliza.

Leia também...