Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/05/19 às 20h13 - Atualizado em 18/09/19 às 14h37

Audiência pública debate edital de restauro do Teatro Nacional Cláudio Santoro

COMPARTILHAR

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) realizou, na tarde de hoje (22), no auditório do Museu Nacional da República, a primeira audiência pública para debater a linha de conservação e restauro que será lançada dentro do Fundo de Apoio à Cultura (FAC). O debate contou com a presença dos Subsecretários de Fomento e Incentivo Cultural, João Moro e de Patrimônio Cultural, Cristian Brayner, além de membros da sociedade civil.

 

Com o tema: FAC- “Política Pública Cultural para conservação e restauro”, os subsecretários apresentaram tópicos do edital, com avaliações baseadas no mérito cultural do projeto, propostas, admissibilidade dos proponentes, até o objetivo principal, que consiste na reabertura do Teatro Nacional Claudio Santoro.

 

Após a apresentação técnica, os representantes responderam a questionamentos da comunidade artística, principalmente sobre a legalidade da medida, quando se trata da utilização do FAC.

 

João Moro explicou que a linha de restauro está prevista na Lei Orgânica da Cultura (LOC) e esclareceu  os benefícios das propostas apresentadas para a área, que não conta com uma política pública efetiva de manutenção.

De acordo com o subsecretário do Patrimônio, Cristian Brayner, o debate também visa  reproduzir a cultura fora do eixo Plano Piloto. “Existem projetos de restauro de grandes polos culturais, como a Casa do Cantador, com a criação da biblioteca de literatura nordestina, a revitalização do Museu Vivo da Memória Candanga e a ocupação cultural da Praça dos Três Poderes,”, ressaltou.

 

Uma nova audiência pública será realizada no dia 29 de maio, às 14h no auditório do Museu Nacional da República.

Leia também...