Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/10/19 às 16h32 - Atualizado em 24/10/19 às 16h49

Aniversário do Complexo Cultural de Planaltina é o destaque da agenda cultural deste fim de semana

COMPARTILHAR

O Complexo Cultural de Planaltina celebra, neste final de semana, um ano de sua inauguração. Para marcar a data, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa e o Instituto Lumiart, responsável pela gestão do espaço, realizam edição especial do Complexo em Movimento, com muita música, dança e teatro. A programação gratuita acontece no sábado (26) a partir das 18 horas.

 

Para quem gosta de arte, este é o último fim de semana da exposição “Césio 157”, do artista brasileiro Siron Franco no Espaço Oscar Niemeyer. O local, reinaugurado em agosto fica aberto ao público de terça a domingo das 9 às 18 horas.

 

Fechando a programação, o Cine Brasília exibe, em sessão exclusiva na segunda-feira (28), “Vida Invisível”, representante brasileiro no Oscar 2020. O filme será seguido de debate com o diretor Karim Aïnouz e assistente de direção Nina Kopko. Os ingressos serão vendidos antecipadamente a partir desta quinta-feira (24), no próprio Cine Brasília.

 

Confira a programação completa:

 

Cine Brasília

 

Noite Amarela

A programação do Cine conta com a estreia de “A Noite Amarela”. Selecionado para o Festival Internacional de Cinema de Roterdã, na Holanda, onde estreou em janeiro passado, o longa paraibano conta a história de adolescentes que resolvem comemorar a conclusão do ensino médio com uma viagem de amigos para uma casa abandonada numa ilha.

 

Luna

 

Outro longa nacional que entra em exibição e também trata de juventude é “Luna”. Conta a história da estudante Luana (Eduarda Fernandes), que tem um vídeo íntimo vazado nas redes sociais, enfrentando o sentimento de vergonha e outras consequências, chegando a flertar com a hipótese de suicídio.

 

Greta

 

Continua por mais uma semana “Greta”, o longa do cearense Armando Praça. Ambienta percursos de vida marginais em torno do cotidiano de Pedro (Marco Nanini), um enfermeiro homossexual de 70 anos, fã da atriz sueca Greta Garbo. Na quarta-feira, o filme terá três sessões, às 16h, 18h e 20h.

 

Vida Invisível

 

O Cine Brasília vai fazer um debate com o diretor do filme “A Vida Invisível” (2019, drama, Brasil, 149 min, 16 anos), Karim Aïnouz, na segunda-feira, 28, depois de sessão única às 19h, com entrada paga e venda antecipada. Acompanhará o diretor na conversa com o público a assistente da equipe técnica, Nina Kopko.
O 15º longa na carreira do diretor cearense, premiado na mostra “Um certo olhar” na última edição de Cannes, em maio, é o filme indicado pelo Brasil para tentar uma das cinco vagas no Oscar 2020 na categoria de Melhor Filme Internacional (antes chamada Melhor Filme Estrangeiro). Aïnouz é formado em arquitetura pela UnB e mestre em Teoria do Cinema pela Universidade de Nova York.Entrada a R$ 12 a inteira (bilheteria só aceita dinheiro).

 

Exposição – Sinestesia

 

O Foyer do Cine recebe a exposição de artes plásticas de Stephanie de Paula. A artista fez suas obras a partir de desenhos ao vivo em todos os concertos, retratando o compromisso e dedicação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro. O movimento é desenhado com melodias nos meus pensamentos. Cada apresentação da OSTNCS (Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro) é um conjunto de sensações. Sinestesia fica em cartaz no Cine até o dia 31 de outubro, com entrada franca.

 

Espaço Cultural Renato Russo

 

Teatro – Quando os Elefantes Saem Pra Passear – 25 a 27/10 20h

Na comédia dramática criada por Marcela Hollanda não se utiliza palavras. No palco, os atores usam recursos corporais, visuais e cênicos para representar duas elefantas e um ser humano. Rico em contrastes o espetáculo é encenado pelos atores Karla Juliana, Marcelo Lucchesi e Renata Cardoso. Entrada: R$ 40 (inteira), 12 anos – Sala Multiuso.

 

Teatro Infantil – Elizabeth Tudo Pode 22h

 

Uma peça que une diversão, informação e fascina crianças e adultos. Uma montagem original, com texto assinado pela protagonista Juliana Zancanaro e pela diretora Luciana Martuchelli, que também criou o cenário, feito pelo artesão Virgílio Mota. O ator e cantor Filipe Lima dá vida a outros 37 personagens, num fantástico trabalho de composição vocal. Entrada: R$ 40 (inteira), Livre – Sala Marco Antônio Guimarães.

 

Dança – Muxima – 26 e 26/10 – sáb 20h – dom 19h

 

Espetáculo de dança contemporânea que tem como base o balé clássico, as danças urbanas e o Afro Ngangu. Neste espetáculo a Companhia Corpus Entre Mundos faz uma linda homenagem a Nossa Senhora da Conceição Muxima ou Mama Muxima como é conhecida em Angola. Entrada: R$ 40 (inteira), Livre – Teatro Galpão.

 

Centro de Dança

 

Projeto ITANS 14H

 

No sábado (26), o Centro de Dança conta com aulas projeto ITANS, que tem como objetivo gerar multiplicadores em Dança e Cultura Negra no Distrito Federal. Classificação Indicativa 18 anos e entrada franca.

 

Aulas de Jazz

 

Aulas de jazz avançadas, a partir das 9:30 de sábado(26) ministradas com a coreógrafa Nivia Emmrich. Classificação indicativa 16 anos. Inscrição R$ 100. Classificação livre.

 

Oficinas de Dança

 

Na segunda-feira (28), as oficinas ministradas são as de Balé, Dança Contemporânea, Tango e Dança Afro Contemporânea Obará. A partir das 9h. Classificação indicativa 18 anos. Consultar taxa de inscrição.

 

Museu Vivo da Memória Candanga

 

O Museu Vivo da Memória Candanga continua com a programação fixa com cursos de costura, gravura, cerâmica, papel e da técnica pinhole. O local ainda abriga e exposição permanente “Poeira, Lona e Concreto”, e a Casa Verde recebe temporariamente a mostra Seu Pedro. Confira os dias e horários das oficinas:

 

Oficina da Costura – Katy Ateliê – funcionamento de segunda a sexta-feira com turmas de 9h às 12h e 14h às 17h, sábado de 9h às 12h – Formando turmas em todos os horários. Oficina da Gravura – quarta e sexta-feira – 9h às 12h e 14h às 17h. Oficina de Cerâmica – quintas-feiras – 9h às 12h e 14h às 17h. Oficina do Papel – Fundação Pedro Jorge – Quarta-feira de 14h às 17h. Oficina de Pinhole – segunda, terça e quarta das 14h às 17h.

 

Complexo Cultural de Planaltina

 

Na sexta (25) o CCP conta Guerra do Flow às 19h e com o ensaio dos “Tambores do Amanhecer” também 19h. Classificação indicativa 16 anos. Entrada franca. Já no sábado (26), o CCP conta com a Oficina de Dança Contemporânea com o professor Lehandro Lira às 10h. Classificação Indicativa 13 anos e entrada Franca.

 

Aniversário do CCP – 26/10 18h

 

Complexo Cultural de Planaltina apresenta, em comemoração ao seu aniversário, o Show Complexo em Movimento com diversas atrações: GOG, Grupo Percussivo Maria Vai Casoutras, Cia. Transições de Dança e Artes, e Banda “O Tarot”. Classificação indicativa livre e entrada franca.

 

Piquenique Cultural 27/10- 10h

 

No domingo (27) é a vez das crianças se divertirem no “Piquenique Cultural”. O PC é um evento infantil, promovido pelo CCP, em parceria com o Studio Shirley Santos. Classificação indicativa livre e entrada franca.

 

Complexo Cultural Samambaia

 

Exposição – Arte Sem Fronteiras

 

O Complexo Cultural Samambaia recebe a mostra Arte sem Fronteiras: Dos Muros para Galeria acontece desde 2011, com curadoria de Gersion de Castro de forma colaborativa e com parcerias por onde tem passado. A exposição já percorreu diferentes espaços no Plano Piloto, em outras Regiões Administrativas e fora do DF. Local: Sala de Leitura Visitação: De 04 de outubro a 10 de novembro. Entrada Gratuita. Classificação Indicativa livre.

 

Festa Magia Negra 25/10 – 20h

 

A Festa Magia Negra parte do interesse em apresentar, educar e explanar ao público em geral o que é de fato essa expressão, etimologicamente falando, e a parte real, passional e artística que de tão rica gera magia! Dessa maneira a festa serve de elemento de educação e formação para o público, inserção, proteção e defesa para as práticas e fazedores de arte e cultura de matrizes africanas. Local: Galpão Garagem – Complexo Cultural Samambaia. Entrada: 5,00. Classificação livre.

 

Batalha de Rima 26/10 – 16h

 

A jornada de Batalha de Rima e Duelo Lírico Liga dos Campeões continua no Complexo Cultural Samambaia. Local: Galpão Garagem – Complexo Cultural Samambaia. Entrada Gratuita. Classificação Livre.

 

Grafitti para mulheres – 26/ 10 – 9h

 

A Oficina “Girl Power – Oficina de Grafitti para Mulheres” é gratuita dirigida a jovens e mulheres a partir de 15 anos. A ação, ministrada pela grafiteira Miah é voltada especialmente para jovens adolescentes das periferias do DF, porém, atende também mulheres adultas que gostariam de experimentar novas formas de atividades criativas. Classificação indicativa: a partir de 12 anos. Entrada franca.

 

 

Banda Marcial 26/10- 14h

 

Oficina de musical através de instrumentos de percussão e sopro para crianças em vulnerabilidade social. Entrada gratuita. Classificação indicativa: crianças a partir de 07 anos.

 

Oficina de Canto e Coral 26/10 -10h

 

A oficina de Canto Coral ministrada pelo regente e preparador vocal Matheus Avlis tem como princípio desenvolver as habilidades de musicalização, canto coletivo, saúde vocal e sensibilização a respeito das estruturas que envolvem o bom canto e a boa fala.Entrada franca. Classificação: adultos acima de 45 anos.

 

À Procura do Destino Ideal 27/10 – 20h

 

À Procura do Destino ideal é um diálogo entre a resistência e a celebração do fazer artístico permeado pela força do coletivo. A Folk Rock Felipe K e Os Vetores nasce em 2012 e em 2013 foi premiada no FINCA (Festival Universitário de Música da UnB); em 2015 lançou o seu primeiro álbum, chamado: Qual Sentido, com 10 faixas. Local: Galpão Garagem – Complexo Cultural Samambaia. Entrada: Antecipados 10, 00 na bilheteria 15,00. Antecipados a venda no Sympla.

Classificação livre.

 

Espaço Oscar Niemeyer

 

Em cartaz a exposição do artista goiano Siron Franco ‘Césio 137’. A mostra conta com 50 óleos sobre papel inéditos, 12 telas e quatro esculturas que contam através da arte o maior acidente radioativo em área urbana no Brasil, em 1987. A exposição de reabertura do EON ficará aberta ao público do dia 24 de agosto ao dia 30 de outubro de 2019. Entrada franca. Classificação Indicativa livre.

 

Memorial dos Povos Indígenas

 

O Memorial dos Povos Indígenas mantém até 31 de dezembro a exposição “Menire Bê Kayapó Djàpêj” (A mulher Kayapó e seu trabalho). Ela reúne rico acervo fotográfico distribuído em painéis temáticos e didáticos e composto também de elementos da natureza, como sementes, ervas, remédios e vistoso artesanato a venda. Entrada franca, classificação livre.

 

Museu Nacional da República

 

Semana da Asa

 

Uma réplica do novo avião-caça da Força Aérea Brasileira (FAB), o F-39 Gripen, de fabricação sueca, cuja primeira unidade acaba de voar no Brasil, está estacionada ao lado da rampa do Museu Nacional da República.
Considerado um dos modelos mais modernos no campo da aviação militar, o caça multimissão vai ser exibido em comemoração ao Dia do Aviador e da FAB entre 22 e 27 de outubro, na exposição Semana da Asa, que celebra o dia em que Santos Dumont realizou o primeiro voo com o 14-Bis.

 

A Experiência do Olhar

 

Ainda na quinta, o MNdR também abre ao público “A Experiência do Olhar”, trazendo o pintor, desenhista e gravador Eduardo Sued. Sua obra, com estética que lembra Mondrian, experimenta com formas e cores dentro de uma perspectiva construtivista, ainda que seu autor fuja de rótulos. Aos 94, Sued se notabiliza pelo uso de uma paleta variada que inclui o preto como cor.

 

Ding Musa

 

Ding Musa, um jovem artista que tem na fotografia a base de seu trabalho. Em “Unidade de Construção”, Musa parece propor metáforas sobre o poder na capital federal ao abordar os discursos subentendidos na arquitetura e nos interiores dos prédios públicos. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

 

Confira também nossas redes sociais! Instagram/Twitter/Facebook: @SececDF