Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/03/14 às 14h52 - Atualizado em 13/11/18 às 14h45

Animação no último dia de blocos de rua no DF

COMPARTILHAR


Expectativa da Liga dos Blocos é receber mais de 200 mil pessoas no Eixão

Quem busca folia nos blocos de rua pode começar o Carnaval de manhã nesta terça-feira (4), último dia de festa de Momo. Às 11h, o Pacotão sai da 302/303 Norte, rumo à 504 Sul. Às 14h, é a vez do Menino de Ceilândia, que começa a caminhada na CNM 1, estacionamento do BRB, em Ceilândia Centro. O Baratinha começa às 15h, no Parque da Cidade, ao lado da Nicolândia. Às 17h, dois blocos ocupam o Eixão Sul, na altura da 106/206, rumo ao Gran Folia: Baratona e Raparigueiros.

No palco do Gran Folia, as apresentações começam às 18h. Comandam a festa os blocos Mamãe Taguá, Galinho de Brasília, Asé Dudu, Bloco dos Raparigueiros e Baratona. A partir de 0h30, bandas locais se apresentam.

Todos os dias de Carnaval, foliões encheram as ruas do DF em clima de tranquilidade e paz. Só no último domingo (2), com muito humor e mensagens polêmicas, os blocos Pacotão e Raparigueiros encheram de energias positivas as ruas do Plano Piloto e levaram juntos, desde a manhã até a madrugada, um público de mais de 100 mil pessoas ao delírio.

Nesta terça, o Raparigueiros vai inovar ainda mais. O bloco convidou a cantora brasiliense Amanda Valverde, que compôs a resposta ao sucesso do Carnaval Lepo Lepo, para dar uma canja na apresentação. A música de Amanda já teve mais de 2,9 milhões de visualizações no Youtube. 

Na concentração do grupo, os foliões também poderão aprender novas coreografias de sucessos da Bahia com bailarinos e professores contratados. Além disso, haverá distribuição de Bolas do Brasil, ao som de 02 trios elétricos de grande porte e com a Banda Patakundum.

“Tenho 22 anos de experiência no carnaval de Rua de Brasília, nunca vi tanta gente participando dos Blocos Tradicionais”, afirmou o presidente da Liga dos Blocos Tradicionais, Jean Souza. Ele já elogiou a estrutura montada pelo governo do DF para o Carnaval nas ruas. 

Em 2014, o GDF investiu R$ 1,6 milhão para que os blocos da liga tradicional desfilem em diferentes lugares do DF. Além disso, outras 18 folias independentes receberam “kits” como banheiros químicos, palco, gerador, tendas e segurança para realizar a folia de Momo. 

“O carnaval de todo o país está fazendo o deslocamento das avenidas para as ruas das cidades. A folia está voltando às origens. Essa é uma tendência que é bem visível em Brasília também. Acho isso muito bom para toda a população”, concluiu o secretário de Cultura, Hamilton Pereira.