Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/09/19 às 17h03 - Atualizado em 20/09/19 às 17h07

Adão Cândido participa de reunião da Bancada Federal do DF

COMPARTILHAR

O secretário de Cultura e Economia Criativa (Secec), Adão Cândido, participou na manhã de hoje (20), no Senado Federal, da reunião da Bancada Federal de parlamentares do Distrito Federal. A audiência reuniu deputados, senadores e secretários do Governo local.

 

Presidida pelo coordenador da bancada do DF no Congresso Nacional, senador Izalci Lucas, o encontro teve como pauta as principais demandas do poder Executivo, além de emendas ao orçamento para o ano de 2020, sendo elas individuais e de bancada. Na mesa também estavam a deputada Paula Belmonte o deputado Júlio César e a senadora Leila do Vôlei,

 

De acordo com Izalci, o encontrou serviu para receber as prioridades para o próximo ano, elencando as maiores necessidades do Governo do Distrito Federal. “Esta ocasião serviu para ouvir os argumentos dos secretários, para que eles possam nos convencer a destinar as emendas com maior celeridade”, explicou o senador.

 

Dentre as prioridades para 2020, o secretário Adão Cândido destacou para a bancada federal a principal urgência da gestão: o restauro do Teatro Nacional Cláudio Santoro. Adão solicitou atenção à bancada federal sobre a necessidade de reabertura do equipamento cultural, que encontra-se fechado há cinco anos, por recomendações de segurança.

 

Reforçando o pedido de apoio para os congressistas, Cândido afirmou o forte empenho do Governo do Distrito Federal em devolver à Brasília e ao país a principal casa de artes da capital. O titular da pasta declarou que também tem buscado parceiros dentro da iniciativa privada para captar os recursos necessários para a revitalização do centro de espetáculos. “A reabertura do Teatro Nacional é uma das principais metas da cultura, e não temos medido esforços para concretizar este garantir esse compromisso”, conta.

 

Por fim, a bancada compilou as solicitações de todas as pastas para a avaliação das urgências de cada secretaria. Como encaminhamento, a mesa definiu a marcação de uma nova reunião para discutir a distribuição do plano orçamentário para o próximo ano.