Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/12/12 às 13h23 - Atualizado em 13/11/18 às 14h38

2º Salão de Negócios da Acessibilidade, Reabilitação e Inclusão Social no ExpoBrasília

COMPARTILHAR

Ilza Queiroz participou da abertura do 2º Salão de Negócios da Acessibilidade, Reabilitação e Inclusão Social no ExpoBrasília , que vai até o dia 5

A primeira-dama do Distrito Federal, Ilza Queiroz, participou na manhã desta segunda-feira (3), no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade (ExpoBrasília), da abertura do 2º Salão de Negócios da Acessibilidade, Reabilitação e Inclusão Social. O evento é promovido pela Cooperativa Central de Apoio ao Sistema (Ecosol), em parceria com secretarias do GDF. O salão reúne estandes de empresas voltadas ao público com necessidades especiais e pretende gerar negócios inclusivos que promoverão oportunidades de trabalho e renda para pessoas com deficiência. A feira de oportunidades celebra o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado hoje, e prossegue até quarta-feira (5), das 10h às 22h, com entrada gratuita.

No discurso de abertura, a primeira-dama anunciou que o GDF firmará, nesta segunda-feira, acordo com a Secretaria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República (SNDH) para participar do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Plano Viver sem Limite, que é baseado nos eixos de acesso à educação, atenção à saúde, inclusão social, e acessibilidade.

“Com o apoio do governo federal, buscamos a equiparação de oportunidades para que a deficiência não seja utilizada como motivo de impedimento à realização de sonhos e projetos, valorizando e estimulando o protagonismo e as escolhas das pessoas com deficiência”, declarou Ilza Queiroz.

O presidente da Ecosol, Eustáquio Santos, destacou que o evento tem o propósito de chamar a atenção da sociedade para as lutas cotidianas das pessoas com necessidades especiais. “Todas as pessoas com deficiência têm direito a emprego, saúde e educação. Somente assim podem participar da vida em sociedade. Temos orgulho de promover um evento que reúne tantas pessoas com histórias de superação.”

Para dar ênfase ao trabalho de acesso às políticas públicas, realizado no atual governo, a primeira-dama enumerou, ainda, os diversos programas mantidos pela gestão Agnelo Queiroz, como os que dão prioridade às pessoas com necessidades especiais na aquisição de unidades habitacionais do programa Morar Bem, da Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano (Sedhab), além de outros da Secretaria de Saúde.

“Estamos avançando nas questões relacionadas às políticas públicas de acessibilidade para as pessoas com deficiência. Muitas vezes o que está na lei não é fácil de ser cumprido, pois depende do esforço de cada um para que todos tenham oportunidade”, afirmou a primeira-dama.

O secretário de Cultura, Hamilton Pereira, ratificou as palavras da primeira-dama e destacou que a inclusão de pessoas com necessidades especiais faz parte do processo de evolução de uma sociedade. “Nós enfrentamos o desafio de pôr em prática as leis já existentes e dar acesso às diferenças e aos diferentes. Isso é fundamental para estamparmos ao mundo que somos uma sociedade civilizada”.

Inclusão na passarela – A abertura do 2º Salão de Negócios da Acessibilidade, Reabilitação e Inclusão Social foi marcada pelo desfile de crianças do Fashion Inclusivo, que emocionou o público. Alunos da Escola Classe 209, de Santa Maria interpretaram o Hino Nacional em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Participou ainda da cerimônia, a secretária da Criança, Rejane Pitanga, além de representantes de organizações ligadas às pessoas com deficiência.

Com informações da Agência Brasília